Operação da PC contra o tráfico de drogas cumpre mandados no Pará e apreende mais de R$ 800 mil

No total, mais de R$ 800 mil foram apreendidos – (Foto:Ascom/ PM)

Mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos durante a manhã, em municípios do Pará e Pernambuco

Quinze pessoas foram presas no Pará e em Pernambuco, durante a “Operação Farinha”, deflagrada na manhã desta terça-feira (13) pela Polícia Civil do Pará. A ação policial visou cumprir mandados de prisão e busca e apreensão domiciliar contra investigados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, milícia privada, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A operação exigiu um trabalho investigativo de nove meses.

No Pará, as cidades de Belém, Senador José Porfírio, Santa Maria, Castanhal, Novo Repartimento e Mãe do Rio somaram 11 prisões. Enquanto que em Pernambuco quatro pessoas foram presas no município de Serra Talhada. Ao todo, foram detidas oito mulheres e sete homens. Foram cumpridos também 33 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal de Castanhal.

Conforme apontam as investigações, iniciadas em julho de 2020, a organização criminosa transportava entorpecentes para Pernambuco. O dinheiro fruto do crime era legalizado por meio de comércios e produções rurais. Somente no primeiro semestre de 2020, a organização lucrou aproximadamente R$ 5,5 milhões e movimentou mais de R$ 16 milhões em contas bancárias.

Segundo a delegada-geral adjunta, Daniela Santos, foi constatado o “transporte interestadual de entorpecentes, lavagem de dinheiro e milícia privada” durante a operação. “Esta é mais uma atuação da Policia Civil no enfrentamento ao tráfico de drogas e crimes afins, especialmente com a descapitalizacão da organização criminosa”, ressaltou.

Foram apreendidos dez veículos de luxo, mais de 30 kg de crack e cocaína, 12 mil comprimidos de anfetaminas, quatro armas, munições, cheques e mais de R$ 800 mil em dinheiro, além de documentos, aparelhos celulares, tabletes, pen drivers e valores bloqueados nas contas bancárias e propriedades rurais.

Aproximadamente 150 agentes de segurança participaram da ação, entre agentes civis da Divisão de Homicídios (DH), Diretoria de Polícia do Interior (DPI), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE) e Núcleo de Inteligência Policial (NIP). Eles contaram com o apoio da Polícia Judiciária da Força Nacional e Polícia Civil de Pernambuco.
Trabalho integrado

Titular da Divisão de Homicídios, Cláudio Galeno explica que a operação é resultado do trabalho integrado. “O nosso trabalho em conjunto tem feito total diferença, trazendo benefícios à sociedade ao tirar de circulação criminosos, dinheiro ilegal e entorpecentes. Continuaremos atuando de forma integrada dentro da instituição e com outras forças de segurança”, afirmou o delegado.

Em fevereiro deste ano, a Polícia Civil do Pará prendeu, em flagrante, um homem com meia tonelada de cocaína, transportada em um fundo falso na carroceria de um caminhão, em Castanhal.

Esta apreensão foi crucial para materializar as investigações que apontaram indícios do crime. Com isso, foi possível dar prosseguimento ao trabalho de investigação para desarticular a organização criminosa, o que culminou nos resultados obtidos pela “Operação Farinha”.

Por:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/encceja-2020-data-da-aplicacao-das-provas-e-modificada-pelo-inep/

 




Marinha e PF apreendem barco com cocaína na costa de Pernambuco

[Foto: Marinha do Brasil] – Um veleiro catamarã com grande quantidade de cocaína foi apreendido pela Marinha e pela Polícia Federal na costa de Pernambuco. O barco, que ia em direção à Europa, foi interceptado a 270 quilômetros da costa do Recife.

Cinco tripulantes que estavam no interior da embarcação foram presos. Eles estão sendo conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Pernambuco e serão investigados pela Polícia Judiciária.

A quantidade de droga apreendida só será informada após a divulgação dos dados finais da operação. A ação foi coordenada com agentes de Portugal, dos Estados Unidos e do Reino Unido, que repassaram dados de inteligência às autoridades brasileiras.

O veleiro foi apreendido pelo Navio-Patrulha Oceânico Araguari, que carregava militares da Marinha e policiais federais do Grupo de Pronta Intervenção, que participaram desde o início das ações. O navio-patrulha está conduzindo a embarcação de volta à costa brasileira.

Os órgãos estrangeiros que colaboraram com o governo brasileiro são o Centro de Análise e Operações Marítimas – Narcótico (MAOC-N), de Portugal; o Drug Enforcement Administration, dos Estados Unidos; e o National Crime Agency, de Reino Unido. Segundo a Marinha brasileira, a mútua cooperação e a troca de informações entre os países têm como objetivo identificar grandes organizações criminosas que atuam no Brasil.

Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO
Foto: Divulgação / BLITZ AMAZÔNICO

Edição: Nélio de Andrade – Publicado em 15/02/2021 – 19:45 Por Agência Brasil – Brasília

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/nota-tecnica-informa-se-a-covid-19-pode-ser-considerada-doenca-ocupacional-ou-nao/

 




Corpos de vítimas de feminicídio serão transferidos para Pernambuco e Maranhão

Jovens são assassinadas por militar da reserva da Aeronáutica em Belém. — Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

Elas foram assassinadas a facadas pelo militar da reserva da aeronáutica Joelson Alves de Souza, 54 anos, no sábado (30), no bairro do Guamá, em Belém.

Os corpos das jovens Jessica Mesquita e Tamires Abdon serão transferidos para os estados de Pernambuco e Maranhão, onde serão enterrados.

Elas foram assassinadas a facadas pelo militar da reserva da aeronáutica Joelson Alves de Souza, 54 anos, no sábado (30), no bairro do Guamá, em Belém. O crime aconteceu dentro de em residencial na travessa Barão de Mamoré, próximo da rua dos Mundurucus.

De acordo com amigos de Jéssica, que não quis se identificar, a vítima vivia em um relacionamento abusivo com Joelson. Ela tentava se separar do marido, mas ele a chantageava.

Jéssica havia pedido exoneração do cargo público de técnica de enfermagem no Hospital Barros Barreto e partiria dia 10 de fevereiro para Pernambuco.

“”Era um relacionamento totalmente abusivo, né? Era uma situação de cárcere. Ela sí saía para trabalhar e ela sempre relatava que ele chantageava de todas as formas, quando ela queria se separar, quando ela queria sair de casa, procurar um outro apartamento para morar. Ele sempre se vitimizava, dizia que ele ia se matar, com remédios, drogas e facas”, contou.

“Quando ela estava saindo com a mala dela, com as coisas, e a amiga chegou, que foi a segunda amiga assassinada, para ajudar. E ela ia dar hospedagem na casa dela até o dia 10, aconteceu tudo isso”, completou.

A Polícia Militar foi acionada para o local. Uma equipe da Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o caso. De acordo com as primeiras informações, o autor do crime, Joelson Alves de Souza, era companheiro de uma das vítimas e militar da reserva da Aeronáutica.

Ainda segundo a PC, uma das mulheres, na tentativa de se defender, feriu o suspeito. Ele foi levado para receber atendimento médico sob custódia da Polícia Militar e será autuado em flagrante pelo crime de feminicidio.

A Aeronáutica confirmou que Joelson de Souza é militar da reserva. Ele foi encaminhado ao Hospital da Aeronáutica de Belém, onde foi atendido, mas já foi transferido para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, onde está internado.

Em nota, o Comando da Aeronáutica disse que colabora com as autoridades policiais nas investigações.

duploDuplo feminicídio acontece dentro de residencial no bairro do Guamá, em Belém. — Foto: Reprodução/Google Maps

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

https://www.folhadoprogresso.com.br/prouni-2021-1-confira-o-novo-cronograma-do-programa/

 

 




Três novas unidades de conservação ambiental são criadas em Pernambuco

Publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (17), decreto prevê áreas de preservação ao longo da bacia hidrográfica do Rio Capibaribe, em território que compreende seis municípios pernambucanos.

O governo de Pernambuco criou três novas Unidades de Conservação (UCs) na bacia do Rio Capibaribe. Publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (17), o decreto prevê a preservação de 80 mil hectares em áreas que contemplam os municípios de Brejo da Madre de Deus, Belo Jardim, Vertentes, Taquaritinga do Norte, Jataúba e Poção.

As UCs foram divididas em duas categorias. O Refúgio de Vida Silvestre Mata do Bitury e de Vida Silvestre Cabeceiras do Rio Capibaribe são de proteção integral. A terceira, denominada de Área de Proteção Ambiental (APA) Serras e Brejos do Capibaribe é voltada para o uso sustentável do solo.

De acordo com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), o Refúgio Cabeceiras do Rio Capibaribe abriga 282 espécies florestais em 6,9 mil hectares entre os municípios de Jataúba e Poção.

Secretetário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, governador do estado, Paulo Câmara (PSB), em coletiva concedida na quarta-feira (16) — Foto: Douglas Fagner/SEI
Secretetário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, governador do estado, Paulo Câmara (PSB), em coletiva concedida na quarta-feira (16) — Foto: Douglas Fagner/SEI

Já o Refúgio de Vida Silvestre Mata do Bitury está inserido dentro do território que compreende a APA Serras e Brejos do Capibaribe, nos municípios de Brejo da Madre de Deus, Taquaritinga do Norte, Belo Jardim e Vertentes. A APA compreende 73,7 mil hectares, onde 888,25 hectares são de proteção integral dentro do Refúgio, com normas restritivas para uso indireto dos recursos naturais.

De acordo com a Semas, as novas reservas são compostas por brejos de altitude, matas secas, serras e planícies. Com o acréscimo das três unidades, o estado passou a contar com 89 UCs.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, a criação das unidades visou proteger a produção de água no estado e garantir o desenvolvimento sustentável das áreas. A data também marcou os 44 anos da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e o lançamento do projeto Restingas de Pernambuco.

 

 

Foto: Reprodução/Governo do Estado de Pernambuco
Por: G1 PE

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/resultado-do-edital-para-elaboradores-de-itens-do-enem-e-divulgado/




Operação da PF contra lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas cumpre mandado em Santarém

Polícia Federal cumpre mandados de prisão e busca e apreensão na operação Enterprise —( Foto: Reprodução)

A operação, considerada a maior do ano, também cumpre mandados nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco. A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal, dando sequência ao cumprimento de diretrizes de descapitalização patrimonial, prisão de lideranças e cooperação internacional deflagrou na manhã desta segunda-feira (23) a Operação Enterprise. Um dos mandados a ser cumprido na operação tem alvo em Santarém, no oeste do Pará, e cidades de outros 9 estados.

Para cumprir os 149 mandados de busca e 66 mandados de prisão nos estados do Pará, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco, cerca de 670 policiais federais e 30 servidores da Receita Federal participam da operação. As medidas foram expedidas pela 14ª Vara Federal de Curitiba.

Foram expedidas, ainda, difusões vermelhas na Interpol para a prisão de oito investigados que estão no exterior, bem como a identificação e sequestro de bens em outros países.

A Enterprise é considerada a maior operação do ano no combate à lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros, uma vez se tratar de uma organização criminosa (ORCRIM) especializada no envio de cocaína para a Europa.

De acordo com a Polícia federal, em cumprimento da diretriz de desarticulação patrimonial do crime organizado, estão sendo sequestrados aproximadamente 400 milhões de reais em bens do narcotráfico, sendo a maior operação do ano em sequestro patrimonial, consubstanciados em aeronaves, imóveis e veículos de luxo, havendo a expectativa de que novos bens sejam identificados após o cumprimento dos mandados de busca e apreensão.

A operação se destaca ainda por ser a maior da história em apreensão de cocaína, pois durante a investigação foram anteriormente apreendidas 50 toneladas da droga nos portos do Brasil, da Europa e da África, tratando-se de um importante trabalho de integração entre a Polícia Federal e a Receita Federal na repressão ao tráfico internacional de drogas nos portos nacionais. Tal volume de apreensões situa essa organização criminosa como uma das maiores em atuação no país.

O esquema utilizado pelos criminosos consistia na lavagem de bens e ativos multimilionários no Brasil e no exterior com uso de várias interpostas pessoas (“laranjas”) e empresas fictícias, a fim de dar aparência lícita ao lucro do tráfico.

Enterprise
O nome da operação faz alusão à dimensão da organização criminosa investigada, que atua como um grande empreendimento internacional na lavagem de dinheiro e exportação de cocaína, o que trouxe alto grau de complexidade à investigação policial.

Será concedida coletiva de imprensa às 10h no auditório APF Edson Matsunaga, na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba/PR

Por G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/conheca-anonimos-e-famosos-que-fazem-da-internet-palco-para-abordar-questoes-raciais/

 




PF cumpre mandado de busca e apreensão em Santarém contra lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas

A Polícia Federal em ação conjunta com a Receita Federal deflagrou nesta segunda-feira (23), a operação “Enterprise”, a maior do ano em combate à lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas. Em Santarém, está sendo cumprido um mandado de busca e apreensão.

De acordo com a PF, a operação “Enterprise” é uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros, uma vez se tratar de uma organização criminosa (ORCRIM) especializada no envio de cocaína para a Europa.

Nesta segunda-feira, cerca de 670 Policiais Federais e mais 30 servidores da Receita Federal cumprem 149 mandados de busca e 66 mandados de prisão nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco. As medidas foram expedidas pela 14ª Vara Federal de Curitiba.

Segundo a PF, as ações dão continuidade de cooperação internacional, foram expedidas, ainda, difusões vermelhas na Interpol para a prisão de oito investigados que estão no exterior, bem como a identificação e sequestro de bens em outros países.

De acordo acom a PF, estão sendo sequestrados aproximadamente 400 milhões de reais em bens do narcotráfico, sendo a maior operação do ano em sequestro patrimonial, consubstanciados em aeronaves, imóveis e veículos de luxo, havendo a expectativa de que novos bens sejam identificados após o cumprimento dos mandados de busca e apreensão.

Um entrevista coletiva será concedida à imprensa às 10h no auditório APF Edson Matsunaga, na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba/PR.
Sobre a operação
Essa operação se destaca ainda por ser a maior da história em apreensão de cocaína, pois durante a investigação foram anteriormente apreendidas 50 toneladas da droga nos portos do Brasil, da Europa e da África, tratando-se de um importante trabalho de integração entre a Polícia Federal e a Receita Federal na repressão ao tráfico internacional de drogas nos portos nacionais. Tal volume de apreensões situa essa organização criminosa como uma das maiores em atuação no país.

 

 

Foto: Reprodução/PF
Por: Kamila Andrade, com informações da PF

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/projeto-oferece-cursos-gratuitos-e-on-line-de-formacao-continuada-para-professores/




Professores pretendem usar mais ferramentas de TI na volta às aulas

Foto: Divulgação Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasilia) –  Para 81% dos professores tecnologia é grande aliada do ensino  

Uma pesquisa encomendada pela Fundação Lemann mostrou que 55% dos professores da rede pública de ensino consideram essencial que as escolas tenham acesso à internet para a retomada das aulas em 2021. Segundo a pesquisa, os professores estão mais preparados e 73% pretendem utilizar mais ferramentas tecnológicas para lecionar do que usavam antes da pandemia da covid-19.

Para 81% dos professores, a tecnologia é uma grande aliada na promoção de um ensino mais ativo. No entanto, 45% dos profissionais consideram a conexão à internet adequada atualmente e quase 30% não têm qualquer internet na unidade escolar.

“Com o isolamento social, e o fechamento de escolas, o ensino remoto foi implementado em caráter emergencial. Em 2021, vamos migrar para um modelo híbrido e temos ainda tempo de nos preparar”, disse a gerente da Força Tarefa Educação/Covid-19 da Fundação Lemann, Cristieni Castilhos.

Para a Fundação Lemann, mesmo diante dos recentes cortes e a não execução no orçamento da educação no executivo federal, “há alguns projetos de lei, tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado, que estão em tramitação, e esta é uma boa oportunidade para os parlamentares analisarem e aprovarem esses projetos até o final do ano de forma a conectar os estudantes e beneficiar aqueles que têm menos condições”.

“Precisamos de ações concretas ainda em 2021, pois a tecnologia veio para ficar na educação. No ano que vem, uma escola conectada vai ser chave para garantir o modelo híbrido que seguiremos tendo. Fomos pegos de surpresa em 2020, mas não podemos terminar o ano sem uma ação significativa que resolva a conexão da educação”, ressaltou Cristieni.

Preparo
A pesquisa revelou que apenas 3% dos professores não se sentem preparados para dar aulas com ferramentas tecnológicas e 97% acham importante oferecer equipamentos e acesso à internet de alta velocidade para alunos e professores que não disponham, caso as escolas não reabram até o fim do ano.

Segundo a pesquisa, 64% dos professores consideram imprescindível a todas as escolas terem acesso à internet de alta velocidade; 59% acham imprescindível todos os professores terem acesso e 47% acham imprescindível todos os alunos terem acesso, e 76% dos professores dizem que farão mais formações de forma remota após a pandemia do que o quanto faziam antes da pandemia.

Das 27 unidades federativas, apenas 12 já autorizaram a reabertura das escolas: Amazonas, São Paulo, Ceará, Pernambuco, Piauí, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins, com retorno sendo feito de forma gradual.

Foram entrevistados 1.005 professores da rede pública de todo o país em setembro e outubro.

Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/serasa-faz-feirao-limpa-nome-com-desconto-de-ate-99-no-valor-da-divida-veja-as-empresas-participantes/

 

 




Funcionário de empresa de energia é morto após cortar luz de fazendeiro

O suspeito do crime ainda forçou outro funcionário a religar a energia e o prendeu no porta-malas do carro

José Reginaldo de Santana Júnior, de 31 anos, foi assassinado enquanto fazia o trabalho de desligamento de energia com outro colega de profissão, não identificado, em uma fazenda no município de Limoeiro, no Agreste de Pernambuco. O homem foi surpreendido com o dono do imóvel, Sebastião Ayres de Assis Neto, que chegou ao local armado e atirou contra os trabalhadores. José morreu na hora.

A Companhia Elétrica de Pernambuco ofereceu R$ 20 mil em recompensa para quem tiver informações sobre o paradeiro de Sebastião. O corte do fornecimento de energia na fazenda do suspeito foi por falta de pagamento.Além de balear e matar o funcionário, Sebastião também obrigou o outro empregado a religar a energia e o colocou no porta-malas do carro.
Sebastião fugiu do local e é procurado pela polícia, que investiga o caso. Informações sobre o paradeiro do homem podem ser apresentadas pelo Disque Denúncia, no número (81) 3719-4545.

Fonte:Redação Integrada com informações de Último Minuto
03.10.20 20h15

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/enem-devido-a-grande-quantidade-de-acessos-no-site-inep-estende-prazo-para-inclusao-da-foto-no-sistema/

 




Ministério debate concessão de 5,3 mil quilômetros de rodovias federais; 2 trechos em Mato Grosso

O Ministério da Infraestrutura (MInfra) realizou, nesta quinta-feira, a primeira reunião com as consultorias responsáveis pelos estudos para a concessão de 5.348 km de rodovias federais, que passam por 11 estados brasileiros. O consórcio LOGIT – ATP – QM – JGP foi o vencedor do processo de escolha pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) para a realização do projeto, que compreende serviços técnicos de apoio, avaliação, estruturação e implementação da desestatização.

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas abriu a reunião citando rodovias que são prioridade nesse processo. É o caso da BR-364, entre Mato Grosso e Rondônia, da BR-364/060, entre Mato Grosso e Goiás, da BR-232/PE e da BR-116/290/RS – corredores logísticos estratégicos no escoamento da produção nacional, seja de commodities ou produtos manufaturados, no mercado interno ou externo. “Temos que colocar cada projeto de pé e dentro do prazo, mas alguns eu vou cobrar para que sejam solucionados de forma mais célere, porque algumas rodovias incluídas precisam de soluções urgentes”, disse.

A previsão é que os estudos sejam concluídos no terceiro trimestre de 2021, permitindo a realização dos leilões em 2022. No total, estão previstos cerca de R$ 30 bilhões em investimentos nas rodovias. O processo de desestatização deve não somente melhorar a qualidade das BRs, como, também, contribuir para a redução de acidentes no país. Além disso, deve reduzir os gastos do Governo Federal com a manutenção da malha rodoviária, contribuindo para o equilíbrio fiscal.

“Quando a gente trabalha com concessão de rodovias, lidamos com usuários. Boa parte deles é composta de caminhoneiros, que tanto precisam do serviço. Nós temos a obrigação de atender ao país e de trabalhar pelo povo. A nossa missão é não perder o senso de urgência para transformar o Brasil”, ressaltou o presidente do BNDES, Gustavo Montezano.

O trabalho envolverá atividades como estudos de demanda, engenharia, análises socioambientais, indicação de melhorias e inovações no setor rodoviário, análise jurídica, avaliação econômico-financeira, elaboração de minuta de edital e apoio às audiências públicas.

Serão objetos do estudo 12 trechos rodoviários, sendo o maior deles na BR-101, entre Feira de Santana/BA e Natal/RN, com 1.045 km. Além de Bahia e Rio Grande do Norte, as rodovias passam por Ceará, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Mato Grosso, Goiás, Rondônia e Rio Grande do Sul.

As informações foram divulgadas, há pouco, pela assessoria do Ministério da Infraestrutura.

Por:Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/brasil-exporta-ferramenta-de-tecnologia-educacional-para-40-paises/

 

 




PF cumpre 600 mandados contra facção criminosa no Pará, DF e outros 18 estados

(Foto:Divulgação) – A Polícia Federal (PF) realiza na manhã desta segunda-feira (31) uma mega operação contra uma facção criminosa ligada ao tráfico de drogas.

A Justiça de MG determinou o bloqueio de cerca de R$ 252 milhões de reais de contas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

Os agentes buscam o cumprimento de mais de 600 mandados, sendo 400 de prisão. A operação investiga o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

De acordo com a PF, cerca de 210 pessoas que atualmente estão detidas em presídios federais, recebiam um auxílio mensal da facção por terem alcançado cargos de alto escalão na organização criminosa ou por terem realizado missões como a execução de servidores públicos.
dinSomente nesta manhã (31) a PF apreendeu mais de R$ 2 milhões em Santos, litoral de SP Polícia Civil de Minas Gerais/Foto:Divulgação

Ainda segundo a PF, os pagamentos, eram feitos através de contas de pessoas que não faziam parte da facção,  assim conseguiam evitar a identificação dos recursos por parte das autoridades.

Dos 600 mandados, 422 são de prisão, parte deles (173) contra pessoas que já estão detidas. As ordens são cumpridas nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.
policia2Entre os alvos da operação estão integrantes do PCC, familiares e pessoas responsáveis por lavar dinheiro para a organização. Polícia Civil de Minas Gerais/Foto:Divulgação

Entre os alvos da operação estão integrantes do PCC, familiares e pessoas responsáveis por lavar dinheiro para a organização.

A operação, batizada de Caixa Forte, é realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais (FICCO), com auxílio da PF, Polícia Civil de Minas Gerais, Polícia Rodoviária Federal e Departamento Penitenciário Nacional (Depen) de MG e Federal.

Somente nesta manhã (31) a PF apreendeu mais de R$ 2 milhões em Santos, litoral de SP

pf2 Polícia Civil de Minas Gerais/Foto:Divulgação

Entre os alvos da operação estão integrantes do PCC, familiares e pessoas responsáveis por lavar dinheiro para a organização.

Por:Diário do Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-do-voluntariado-acoes-solidarias-vem-ajudando-muitas-pessoas-durante-a-pandemia/