Aeronaves da FAB já percorreram 5 mil km² em busca de vestígios de avião desaparecido no Pará

image_pdfimage_print

Helicóptero da FAB participou das buscas pelo avião Cessna 210 de prefixo PT-IRJ, no dia 31 de janeiro de 2021 — Foto: FAB/Divulgação

Procura pelo Cessna 210 de prefixo PT-IRJ iniciaram dia 29 de janeiro e segundo a FAB, têm seguido os padrões internacionais de busca.

Do dia 29 de janeiro até o dia 1º de fevereiro, aeronaves da FAB (Força Aérea Brasileira) que participam da operação de buscas pelo avião Cessna 210, prefixo PT-IRJ, sobrevoaram uma área de aproximadamente 5 mil km², perfazendo mais de 33 horas de voo, sem encontrar vestígios da aeronave.

O avião de pequeno porte que era pilotado pelo santareno Antônio Sena, o “Toninho”, desapareceu por volta das 12h30 do dia 28 de janeiro após decolar do município de Alenquer com destino ao garimpo Califórnia, município de Itaituba, sudoeste do Pará. A região de destino do avião é conhecida como 13 de Maio.

Informações repassadas à família do piloto dão conta de que a aeronave foi vista pela última vez próximo à pista de pouso do Anatun. No sábado (30), as buscas se concentraram na área, porém, nenhum vestígio do avião foi encontrado.

piloto3Piloto de avião Antônio Sena conhecido como Toninho Sena — Foto: Reprodução/Redes sociais

De acordo com a FAB, além da aeronave SC-105 Amazonas SAR que estava realizando buscas desde o dia 29, no domingo (31) um helicóptero H-36 Caracal SAR também participou dos trabalhos, que têm seguido os padrões internacionais de busca.

O Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico Amazônico (ARCC-AZ), unidade da Força Aérea Brasileira é responsável por coordenar as operações de buscas aéreas na região.

“Conforme estabelecido nas normas internacionais de busca e salvamento, o Centro de Coordenação realiza, desde a notificação do desaparecimento, o levantamento de dados sobre a aeronave e a apuração sobre a possível trajetória da aeronave no intuito de estabelecer as novas fases da operação e de comunicar as autoridades responsáveis”, informou o Centro de Coordenação de Salvamento.

Por G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: