Governador do Pará visita farmacêutica em busca de vacinas contra a Covid

image_pdfimage_print

O governador do Pará Helder Barbalho esteve em Brasília, nesta terça-feira (2), e visitou a fábrica da União Química, indústria responsável pela fabricação no Brasil da vacina contra a Covid-19, Sputnik V. Governadores de outros estados também acompanharam a comitiva que irá buscar a compra direta dos imunizantes.

“De acordo com o cronograma estabelecido pelo laboratório União Química junto com o Fundo Russo e o Instituto Gamaleya, lamentavelmente, se percebe que não há pronta entrega das dez milhões de doses. Ainda é necessário o cumprimento de exigências da Anvisa. Só a partir daí, a importação, que deverá chegar ao Brasil até o final do mês de março, vamos poder compor o quantitativo necessário dentro do planejamento destes meses para que o Brasil atinja 50 milhões de doses de vacina”, declarou o governador.

Helder anunciou que o governo estadual tem recursos garantidos para investir pelo menos 3 milhões de doses de vacinas, o que vai ampliar “fortemente” a cobertura em todo o Estado.

“Nós continuaremos dialogando com a União Química e outros laboratórios no intuito de potencializar essa oferta de vacina, trabalhando para que a Anvisa possa também licenciar outros tipos de imunizantes e, com isso, possamos ampliar as doses e os estados disponíveis a adquirir e comprar as vacinas para imunizar a população junto com o plano nacional’’, reforçou o chefe de estado.

Ainda nesta tarde, o chefe do Executivo participou da reunião de governadores com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, para tratar de medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19.

O laboratório União Química já entrou com pedido de uso emergencial da Sputnik V, junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para 10 milhões de doses. O laboratório informou que a vacina vai ser produzida nas fábricas de Guarulhos, em São Paulo, e em Brasília. A Sputnik tem eficácia comprovada acima dos 90% contra o novo coronavírus na última etapa de testes.

Cobertura vacinal

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), o Estado recebeu cinco remessas de vacinas contra o novo coronavírus, totalizando 414.040 doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao Estado. Até o dia 30 de março, o Pará deve receber 1,5 milhão de doses de imunizantes contra a Covid-19.

“É muito importante o Governo do Pará garantir mais uma opção de vacina para a população. Isso representa o esforço coletivo que está sendo feito pelo governo e pela Sespa no enfrentamento a pandemia de covid-19. Mas enquanto toda a população não for vacinada é fundamental que as pessoas ainda mantenham os protocolos de saúde, usem máscaras, façam a higienização das mãos constantemente e evitem aglomerações”, ressaltou o secretário de saúde Rômulo Rodovalho.
De acordo com dados levantados pelo consórcio de veículos de imprensa, que consolida números sobre a pandemia em todo o País, o Estado do Pará é a 9ª unidade federativa que mais vacinou entre os estados brasileiros contra a Covid-19 até o momento, ficando à frente de Rio Grande do Sul, que ocupa a 10ª posição. O número é proporcional às doses recebidas pelo Ministério da Saúde.

Por:RG 15 / O Impacto com Agência Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: