No reencontro com Luxemburgo, Palmeiras fica apenas no empate com o Vasco

image_pdfimage_print

Nesta terça-feira, em partida atrasada da primeira rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ficou apenas no empate de 1 a 1 com o Vasco, em casa. Devido a final da Libertadores, que será no próximo sábado, Abel Ferreira optou por uma escalação alternativa. Breno Lopes anotou o gol dos anfitriões enquanto Benítez fez para os visitantes.

Com o resultado, o Verdão permaneceu na quinta colocação, agora com 52 pontos. Já o Vasco está em 14º, com 36, a apenas quatro do Bahia, primeiro clube dentro da zona do rebaixamento.

O duelo desta noite, inclusive, marcou o reencontro do Alviverde com o Vanderlei Luxemburgo, atualmente técnico do Vasco. O comandante dirigiu o Palestra do início da temporada até a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao longo de 2020, ele esteve à frente do time em 36 jogos oficiais, somando 17 vitórias, 14 empates e cinco derrotas.

O jogo – A primeira etapa começou agitada no Allianz Parque. Com o relógio marcando apenas cinco minutos, Benítez cobrou falta para dentro da área e Léo Matos aproveitou a saída equivocada de Jailson para balançar as redes. No entanto, o lateral cruzmaltino estava em posição de impedimento e o tento foi anulado.

A partir de então, os mandantes passaram a se impor. Aos sete, Scarpa recebeu pela esquerda e bateu cruzado para a defesa de Fernando Miguel. No lance seguinte, o meia encontrou grande lançamento para Felipe Melo, mas o volante, que estava totalmente livre, isolou.

15 minutos depois, o Palmeiras teve mais uma ótima chance de inaugurar o placar. Depois de erros de Léo Gil e Ricardo Graça, Breno Lopes saiu cara a cara com Fernando Miguel e acabou finalizando em cima do goleiro. Já aos 30, o atacante se redimiu. Após ser acionado em velocidade pela direita, Breno invadiu a área e bateu cruzado para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Verdão.

No entanto, a vantagem durou pouco. Quatro minutos depois, Benítez cobrou falta da intermediária com muita categoria e estufou as redes de Jailson, que não pôde fazer nada para evitar o golaço.

Já a segunda etapa começou em um ritmo mais lento. Ambas as equipes encontraram muitas dificuldades para se desvincularem da marcação adversária e criar ações ofensivas. Com isso, a primeira chegada mais perigosa aconteceu apenas aos 27 minutos, quando Scarpa arriscou de fora e assustou Fernando Miguel.

Já o Vasco buscava se aproveitar dos contra-ataques. Aos 40, Gabriel Pec tabelou com Cano e cruzou para dentro da área, mas Vinícius passou batido e não conseguiu completar para o gol. No lance seguinte, o atacante arriscou da entrada da área e obrigou Jailson a executar boa defesa.

Nos minutos finais, o Palmeiras até esboçou uma pressão em busca de um gol salvador, mas não foi o suficiente para tirar o empate do placar.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: César Greco/assessoria)
26/01/2021 20:52

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: