Polícia faz operação contra grupo que aplicava golpes em mulheres por meio de aplicativos e redes sociais

image_pdfimage_print

(Foto: Deic/Divulgação)- Nigerianos utilizavam fotos de homens de “olhos azuis”, diziam que queriam vir para o Brasil encontrar sua alma gêmea e as vítimas eram obrigadas a transferir dinheiro.

A polícia Civil faz operação em São Paulo nesta sexta-feira (4) contra organização criminosa especializada em golpes em mulheres por meio de redes sociais e aplicativos de relacionamentos. A Operação Dom Juan cumpre 11 mandados de prisão, nove contra nigerianos e duas brasileiras, na capital paulista e região metropolitana. Até as 12h, 7 pessoas já haviam sido presas.

Segundo o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), os envolvidos criavam perfis de militares norte-americanos, médicos ingleses ou empresários europeus, com “fotos de homens de olhos azuis e de boa figura” com o objetivo de vir para o Brasil e encontrar sua alma gêmea. “Mas para que isso se realize alegam precisar da ajuda da pretendente, que acaba transferindo suas economias para os golpistas”, diz a Polícia Civil.

A operação foi desenvolvida pela equipe da 4ª Delegacia DIG (Investigações sobre Crimes Cometidos por Meios Eletrônicos) e conta com 91 policiais e 44 viaturas.

Também estão sendo realizadas buscas em 16 locais na cidade de São Paulo, dois imóveis no município de Santa Isabel, e uma casa em Osasco. O objetivo é recolher material utilizado nos golpes.

Por G1 SP

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
no (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)
Site: WWW.folhadoprogresso.com.br E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: