Com gol sofrido no fim, Santos empata com o Grêmio em Porto Alegre pela Libertadores

image_pdfimage_print

O Santos empatou com o Grêmio em 1 a 1 a noite desta quarta-feira, em Porto Alegre, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores da América. Os gols foram marcados por Kaio Jorge e Diego Souza.

Mesmo sem Soteldo, com covid-19, o Peixe controlou a partida desde os primeiros minutos e cedeu poucos espaços ao Tricolor. Nos minutos finais, porém, os donos da casa esboçaram reação e conseguiram um pênalti com o auxílio do VAR nos acréscimos. Bola no braço de Vinicius Balieiro. Diego Souza converteu com categoria.

Com o empate com gols, o Santos pode empatar por 0 a 0 na Vila Belmiro na próxima quarta para avançar à semifinal. Novo 1 a 1 levaria a decisão para os pênaltis. E quem vencer, obviamente, passa.

Antes da decisão na Baixada Santista, o Santos enfrentará o Flamengo, no Maracanã, no domingo. O Grêmio visitará o Goiás, no sábado. Ambas as partidas pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Santos não deixou o Grêmio controlar o jogo em momento algum. O Peixe adiantou as linhas e freou a pressão inicial dos donos da casa. A partir da metade do primeiro tempo, o Alvinegro passou a dominar.

O Santos finalizou seis vezes, contra apenas um chute do Tricolor. E a vantagem tática se transformou em gol aos 35 minutos. Pará cruzou, Vanderlei saiu errado, Felipe Jonatan desviou e Kaio Jorge completou.

SEGUNDO TEMPO

A tônica continuou a mesma na etapa final. Um Grêmio pouco criativo diante de um Santos organizado e perigoso no contra-ataque. O Peixe seguiu finalizando mais que o adversário.

Sem espaço, o Tricolor abusou da bola parada e das finalizações de fora da área. Aos 21, David Braz cobrou falta de longe e obrigou John a fazer boa defesa.

Aos 23, o Santos respondeu. Diego Pituca finalizou de longe, Vanderlei espalmou e no rebote a bola sobrou limpa para Kaio Jorge, que bateu cruzado e a bola passou muito perto.

Nos minutos finais, o Peixe recuou, porém, o Grêmio seguiu praticamente inofensivo. Com a expulsão de Diego Pituca, os donos da casa avançaram e conseguiram o empate em um pênalti. Com auxílio do VAR, a arbitragem assinalou braço de Vinicius Balieiro. Diego Souza converteu aos 56 minutos da etapa final.

Por:Gazeta Esportiva (foto: Ivan Storti/assessoria)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: