Familiares de jovem que está desaparecido protestam em frente à delegacia em Santarém

image_pdfimage_print

Elieldo Castro Rego foi visto pela última vez em um bar no bairro Amparo no domingo (3) — Foto: Arquivo pessoal

Elieldo Castro foi visto pela última vez na noite de domingo (3). Somente a motocicleta do jovem foi encontrada no bairro Amparo.

Familiares e amigos de Elieldo Castro Rêgo, de 24 anos, que está desaparecido desde o domingo (4), fizeram uma manifestação com cartazes em frente a UIP do Santarenzinho, em Santarém, no oeste paraense, na tarde desta quarta-feira (6). O protesto pacífico foi realizado para cobrar respostas da Polícia sobre o caso.

O jovem foi visto pela última vez em um bar no bairro Amparo, no domingo. Somente a motocicleta que Elieldo dirigia foi encontrada. Imagens de câmeras de segurança das proximidades do bar onde o jovem foi visto no domingo, mostram que ele entrou em um carro.

O caso foi registrado na UIP na segunda-feira (5), e segundo a mãe de Elieldo, Elen Castro, os familiares não receberam notícias sobre o que tem sido feito para que o jovem seja encontrado.

“Viemos aqui só pra mostrar que a família está atrás de uma resposta porque até o momento não tivemos notícias, sei que estão investigando, que tem pouco tempo, confio no trabalho da Polícia, mas eu sou mãe, é difícil eu ficar esperando o meu filho, e ele não aparecer. Já tem três dias que eu estou nesse desespero procurando o meu filho”, disse emocionada a mãe do jovem.

protesto

Familiares e amigos do jovem fizeram um protesto com cartazes para cobrar respostas da Polícia — Foto: Tracy Costa/G1

Em entrevista ao G1, Elen contou que o filho trabalhava como mototaxista e que no domingo a noite quando falou com ele, avisou que ela deixasse a porta aberta, que ele voltaria para casa.

“Já de manhã a Polícia foi na minha casa dizer que a moto tinha sido abandonada lá no Amparo. Nós já fizemos buscas nas matas aqui próximo a cidade por conta própria, mas infelizmente não o encontramos. Então quem souber do paradeiro dele, nos diga”, pediu a mãe.

O que diz a Polícia
O caso foi registrado na UIP do Santarenzinho, mas de acordo com o delegado Kleidson Castro, o desaparecimento está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios, Chefia de Operações e Núcleo de Inteligência da Polícia Civil.

“Nesta quarta-feira, a equipe que investiga esse caso passou todo o dia, incessantemente, empreendendo diligências para localizar suspeitos refazer todos os passos dele nas últimas horas em que temos notícias”, esclareceu o delegado.
Ainda segundo o delegado, a Polícia já tem imagens que mostram que o jovem entrou em um veículo voluntariamente e, os trabalhos continuam para identificar quem são essas pessoas que estavam com ele no interior do carro.

Por Tracy Costa, G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: