Governador diz que firmou acordo com a Aneel para incluir Pará na MP de redução da tarifa de energia

image_pdfimage_print

Usina hidrelétrica Belo Monte — Foto: Betto Silva / Norte Energia

Situação deve ser reparada em uma segunda MP, que será aprovada nos próximos dias. Caso isso não ocorra, o Pará entrará na Justiça para obter a redução.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB) anunciou nesta sexta-feira (5) que negociou com a presidência da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a presença do estado na Medida Provisória (MP) que reduz a tarifa de energia em estados do norte do Brasil. O G1 entrou em contato com a Aneel e aguarda retorno.

Segundo o governador do Pará, a inclusão do Pará no acordo já estava sendo debatida com a Aneel e com o congresso há meses. Barbalho explica tanto a Aneel, quanto a secretaria-geral da presidência, haviam sinalizado que o Pará seria incluído no texto final do projeto, o que não ocorreu.

“Não vamos aceitar isso. Acordo é pra ser cumprido. O estado do Pará, produtor de energia, exportador de energia, não pode ficar de fora de uma política de redução tarifaria”, disse Barbalho.
Segundo Helder, o Estado entrou em contato com a presidência da Aneel e firmou um novo acordo. Ele afirma que ficou decidido que a situação será reparada em uma segunda MP, que deve ser aprovada nos próximos dias. Caso o acordo não seja cumprido, o Pará deve entrar na Justiça para obter a redução.

Entenda o caso

Na última quinta (4), o Senado aprovou uma MP provisória que viabiliza a redução da conta de energia. A diminuição ocorreria devido a transferência de recursos para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) – fundo do setor elétrico. A redução valeria até 2025.
No entanto, o texto aprovado pelo Senado não incluía o estado do Pará na redução tarifária. A lei prevê que serão beneficiadas apenas distribuidoras de energia privatizadas a partir da Lei 12.783 de 2013, o que exclui a Equatorial Pará, antiga Celpa, privatizada em 1998.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: