Polícia indicia nove pessoas e recupera R$ 5,6 mil de Auxílio Emergencial no Pará

image_pdfimage_print

Os R$ 5.600 já foram entregues aos verdadeiros beneficiários e, caso passará para a Polícia Federal (PF) (Foto:Reprodução / Site Boletim de Ocorrências Paragominas)

Os envolvidos no desvio dos recursos vão responder por furto qualificado mediante fraude

A Polícia Civil, em Tucuruí, no sudeste estadual, concluiu o inquérito policial que investigava desvio de recursos no Auxílio Emergencial, indiciou nove pessoas por furto qualificado mediante fraude, e recuperou R$ 5.600, já entregues aos verdadeiros beneficiários. A partir de agora, o caso ficará sob a responsabilidade da Polícia Federal (PF).

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro concedido pelo governo federal a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. O objetivo é assegurar uma renda mínima nesse período de enfrentamento de crise causada pela pandemia do novo coronavírus, causador da covid-19.

A Caixa Econômica Federal atua como agente operador do benefício. A investigação, em Tucuruí, foi conduzida por agentes da 15° Seccional Urbana de Polícia Civil de Tucuruí e finalizada esta semana. Segundo a polícia, a investigação foi complexa, mas chegou aos autores e, principalmente, recuperou o dinheiro desviado.A polícia, no entanto, não informou o nome dos nove envolvidos, mas divulgou que descobriu o esquema ilegal no próprio aplicativo denominado “Caixa Tem”, “o que desloca, haja vista o interesse da União, a atribuição da investigação para a Polícia Federal e a competência jurisdicional à Justiça Federal”, conforme trecho do inquérito policial.

Os policiais chegaram aos fraudadores a partir das denúncias registradas na Seccional, e informaram que por causa da complexidade do caso, foram realizadas diligências tanto em endereços físicos como no universo da internet, com a utilização de equipamentos tecnológicas, o que resultou no sucesso do trabalho.

Por:Redação Integrada com informações do site Boletim de Ocorrências Paragominas

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: