Amazonas será o primeiro Estado a vacinar toda população, anuncia Pazuello

image_pdfimage_print

Ministro Eduardo Pazuello (Saúde) ao lado do governador do Amazonas, Wilson Lima – [Foto: Caio di Biasi.]

Meta é vacinar, em dez dias, todos acima dos 50 anos na região metropolitana de Manaus

Amazonas será o primeiro Estado a vacinar toda população, anuncia Pazuello
O Estado do Amazonas deve ser o primeiro a ter vacinação plena contra a Covid-19, segundo informou nesta segunda-feira (15) o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em reunião com os 13 prefeitos da Região Metropolitana de Manaus.
Eles começarão a vacinar, a partir de 22 de fevereiro, o público-alvo a partir de 50 anos de idade. A reunião foi realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde funciona o comitê de crise instalado pelo Ministério da Saúde (MS) em Manaus.

A aceleração do Plano Nacional de Imunização envolve uma força-tarefa com a participação do Governo Federal, por meio do MS e Ministério da Defesa, do Governo do Amazonas e das prefeituras municipais, além de outros parceiros que estão sendo agregados.

“Os prefeitos são donos da vacinação e esse protagonismo não pode ser tirado deles. Mas, para fazer a aceleração, vamos envolver todos os meios possíveis do estado e do Governo Federal, com todo o apoio necessário”, afirmou o ministro.

O ministro anunciou que a aceleração será possível porque até o dia 22 de fevereiro o Ministério da Saúde terá recebido dois lotes dos dois laboratórios que já estão produzindo vacinas, o Butantan (Coronavac/Sinovac) e a Fundação Osvaldo Cruz (AstraZêneca/Oxford).

Logo no início de março, outros dois lotes serão entregues. Além das vacinas que são encaminhadas aos estados por partilha proporcional, o MS vai destinar os 5% do Fundo de Imunização para o Amazonas.

Toda a operação da força-tarefa está sendo construída em conjunto pelas prefeituras, CICC e Forças Armadas. Na tarde desta segunda-feira, em momentos distintos, o ministro, o governador Wilson Lima e o prefeito de Manaus, David Almeida, estiveram reunidos com o comandante Militar da Amazônia, general Estevam Theophilo de Oliveira, para definir a operacionalização do plano. Marinha e Força Aérea Brasileira também deverão integrar a força-tarefa.

Além dos postos já definidos pelas prefeituras para a vacinação, deverão também ser utilizados locais das zonas de votação eleitoral e o reforço de outros pontos que serão identificados e definidos durante o fechamento do plano. Todas as pessoas chamadas para atuar como voluntários deverão receber capacitação por parte da Prefeitura e atuarão como vacinadores e apoio.

Os municípios que fazem parte da Região Metropolitana de Manaus são Itapiranga, Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Autazes, Rio Preto da Eva, Silves, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Manacapuru, Iranduba, Itacoatiara e Manaquiri.

Fonte:Diario do Poder-Cláudio Humberto Cláudio Humberto  16/02/2021 às 00:04 | Atualizado às 00:31
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: