‘Barbie do crime’ ganha direito a prisão domiciliar

image_pdfimage_print

Bruna Cristine Menezes de Castro vendeu produtos que não entregou (Foto:Reprodução/Instagram)

Após se entregar, horas depois a modelo Bruna Menezes volta para casa

A modelo Bruna Cristine Menezes de Castro, 30 anos, conhecida como ‘Barbie do crime’, apresentou-se à Justiça, na quinta-feira, 25, mas, no mesmo dia foi mandada para casa para cumprir prisão domiciliar, em Goiânia (GO).

Ela se apresentou ao Poder Judiciário devido a um mandado por descumprir medida judicial em condenação por aplicar golpes pelas redes sociais.A modelo foi condenada a 1 ano e 9 meses de prisão, em 2015. Ela vendeu celulares a duas pessoas, mas não entregou os produtos. No julgamento, ela confessou o crime e se disse “arrependida”.

A Justiça, então, converteu a pena em prestação de serviços à comunidade, além do pagamento 10 salários mínimos em multas. Mesmo “arrependida” pelo crime, não cumpriu a sentença. Foi então que o juiz Wilson da Silva Dias determinou a prisão dela, em 18 de fevereiro.
Bruna se apresentou na quinta-feira, já com a defesa tendo um recurso pronto, argumentando que ela é mãe de duas crianças menores de 12 anos.

No mesmo dia, ela foi autorizada a cumprir prisão domiciliar até nova audiência, quando estará sujeita a novas medidas.Falso câncerBruna havia sido detida em agosto de 2015 por suspeita de estelionato, em Goiânia.

A Polícia Civil apurou que a jovem apelidada de “Barbie do crime” vendia produtos os quais não tinha a intenção de entregar aos consumidores de Goiás e de outros estados.Mais de 100 pessoas procuraram a polícia denunciando as fraudes, porém apenas algumas deram continuidade.

A estelionatárias argumentava problemas pessoais e de saúde para não entregar as encomendas.Bruna também mentiu ao ex-namorado Ryan Balbino, dizendo que estava com câncer e precisava de tratamento. As investigações apontaram que Bruna fingiu ser o próprio pai para dar “notícias” sobre um suposto procedimento para tratar um câncer no útero. O ex afirma ter depositado mais de R$ 15 mil para Bruna “enfrentar” o câncer.

Fonte:Redação Integrada com informações do G1

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: