Galo bota 12 ovos, escapa da morte e faz sucesso em Santa Catarina

image_pdfimage_print

Foto: RBV Notícias – Pesquisadora da Embrapa acredita que se trata de uma ave hermafrodita e explica que a condição não afeta diretamente a saúde do galo

Entrar em um galinheiro e encontrar ovos não deveria ser nenhuma surpresa. Porém, na propriedade de Pedro Silva, na zona rural de Caçador (SC), o espanto tem um motivo: foi um dos galos, chamado Chico, que botou os ovos.
Galo Chico

“Em 64 anos de vida, nunca tinha visto isso acontecer. Eu comprei ele em junho de 2020, quando ainda era um pintinho, para criar e fazer o abate para consumo próprio em dezembro. Mas no último dia de vida, ele usou esse talento para escapar da morte”, brinca o produtor.

Segundo o criador, foram instaladas câmeras de segurança no galinheiro para averiguar o ocorrido. “Suspeitamos que poderia ser alguma brincadeira ou até mesmo alguma galinha que fosse escondida ao local. Só quando vi as filmagens tudo se confirmou”, conta.
ovo do galo Chico

Vivendo em um galinheiro com outros quatro galos, Chico já botou cerca de 12 ovos. Por conta do talento, as únicas coisas que vão para a panela agora são os ovos da ave. “Eu já consumi um dos ovos, mas não senti nada de diferente em relação aos ovos das galinhas. Mas não sobram muitos, porque o ele acaba pisando antes de eu recolher”, diz Silva.

Em imagens cedidas pelo site RBV Notícias, é possível ver o momento em que o animal começa a chocar o ovo. Agora, o desafio é saber o que pode ter causado essa condição diferente.

/Foto: RBV Notícias
/Foto: RBV Notícias

Galo botando o ovo?

Após analisar algumas fotos do Chico, A pesquisadora da Embrapa Aves e Suínos Mariana Marques acredita que se trata de um animal hermafrodita. No caso de aves de produção, 5 a cada 10 mil (0,05%) podem nascer com essa condição.

Segundo Mariana, a ciência sabe pouco sobre o hermafroditismo em aves, quando comparado ao conhecimento que se tem sobre essa condição em mamíferos. “Acredita-se que provavelmente tenha envolvimento genético e de hormônios”, diz.

O que faz a pesquisadora acreditar que Chico é hermafrodita é que a outra possibilidade é ainda mais rara: o ginandromorfismo, que acomete 1 a cada 1 milhão de animais, o que corresponde a 0,001%. Porém, se fosse o caso, o galo teria características secundárias de fêmea, o que não parece ser o caso.

Ela destaca que o possível hermafroditismo de Chico não implica diretamente em doenças ou má formação em outros órgãos. “Dependendo do tipo de hermafrodita que ele é, pode ser infértil ou ter problema de fertilidade”, frisa.

Foto: RBV Notícias
Foto: RBV Notícias

Fonte:CANAL RURAL -Por Kenia Santos e José Florentino, de São Paulo

07 de fevereiro de 2021 às 11h04
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: