Norte Energia dá início ao Plano de Ação Xingu+ com inauguração da primeira antena de internet do Conecta Xingu

image_pdfimage_print

Projeto vai fortalecer internet de diversas comunidades e oferecer inclusão digital à população que vive no entorno da UHE Belo Monte

 A Norte Energia inaugurou a primeira antena de internet via satélite na Volta Grande do Xingu, no âmbito do Plano de Ação Xingu+, proveniente do Termo de Compromisso Ambiental firmado com o IBAMA, em que serão aplicados recursos da ordem de R$ 157 milhões. O equipamento, que entrou em uso em 04/03, faz parte desta nova frente de ação da companhia, que potencializa e amplia as ações de mitigação já realizadas pela UHE Belo Monte na Volta Grande do Xingu.

 A antena foi instalada no Núcleo de Comunicação da Ressaca, um espaço destinado à interação social, à divulgação de informação e ao diálogo entre partes interessadas e a produção de conhecimento junto à população local. “Todos os moradores vão ter o poder de acessar a internet, de fazer e aprender mais coisas. Não podemos deixar de agradecer a empresa por motivar essa satisfação para nós”, disse Francisco Pereira, o Seu Piauí, como é mais conhecido o líder da comunidade da Ressaca, presente na inauguração.

energia3

 O objetivo do Conecta Xingu é promover a inclusão digital e melhorar a comunicação entre as diversas comunidades da região do Médio Xingu, no sudoeste do Pará. “Vamos implantar antenas de internet satelital em áreas urbanas e rurais, além de terras e áreas indígenas que ficam próximas à Usina Hidrelétrica Belo Monte e que não possuíam qualquer acesso, levando mais uma conquista à população”, afirma Bruno Bahiana, gerente de Monitoramento Socioambiental da Norte Energia.

 A implantação será realizada por fases em que a Norte Energia fará a análise e monitoramento, com antenas sendo instaladas em pontos estratégicos, oferecendo uma franquia de dados ilimitada. Os equipamentos serão posicionados em unidades básicas de saúde, escolas indígenas, sedes de associações e em outros pontos para uso coletivo das comunidades.

 O projeto vai beneficiar mais de 9 mil pessoas das comunidades de Cana Verde, Pirarara, Igarapé Ituna, Igarapé Itatá, Gleba Itatá, Jericoá, Kaituka, Paquiçamba, Igarapé Bacajaí, Terra Preta, Nova Conquista, Rio Bacajá, Goianinho, Vila do 7,5, Novo Progresso, Surubim, Maranhenses, Caracol, Rio das Pedras, Ilha da Baleia, Ramal do Julião, Ilha da Fazenda, Garimpo do Galo e Ressaca. “Com um sinal de internet, esperamos que as informações sobre o empreendimento sejam mais compartilhadas. Sobretudo aquelas referentes à vazão do rio Xingu, devido à implementação do hidrograma e das alterações nas condições naturais do rio, minimizando, assim, os impactos relacionados às transformações ambientais”, comenta Bahiana.

 Além disso, a qualidade do sinal contribuirá para a melhora da oferta de serviços básicos, como a promoção da saúde em áreas de acesso restrito, por meio da telemedicina, como já ocorre por meio do projeto de Telemedicina, implantado em parceria com o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Altamira.

 Compromisso

 A melhoria na infraestrutura de comunicação nessa região também garante o cumprimento de uma das obrigações da Norte Energia, estabelecida no Projeto Básico Ambiental – Componente Indígena (PBA-CI), que é o de implantação da internet nas Unidades Básicas de Saúde Indígenas (UBSI’s), construídas pelo empreendedor, melhorando também as ações do Estado e possibilitando que outros programas que compõe o PBA-CI utilizem mais um canal de comunicação para inovação e atuação da empresa na relação com os povos indígenas.

 A área de abrangência do PBA-CI, somada, ultrapassa 5 milhões de hectares, e equivale ao território dos estados de Sergipe, Alagoas e Distrito Federal juntos. O projeto também vai contribuir na melhoria dos sistemas de alerta à população, no plano de segurança de barragens e de ações emergenciais, que poderão ser melhor exploradas junto à comunidade e repassadas em tempo real.

Fonte:Nil Muniz | MassMedia /Assessoria de Imprensa

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: