Rombo deixado por Juvenil na prefeitura de Altamira ainda é incalculável.

image_pdfimage_print

Justiça obriga a prefeitura de Altamira a afastar os servidores do grupo de risco e providenciar EPIs para os demais

Os nove primeiros dias deste ano ainda não foram suficientes para que a atual administração de Altamira descobrisse o tamanho do rombo deixado por Domingos Juvenil (MDB), e sua equipe, que esteve nos últimos oito anos à frente da prefeitura de Altamira, no sudoeste do Pará.

De acordo com nota emitida neste sábado 09, pela Assessoria de Comunicação da PMA à imprensa, a cada dia a nova gestão do município, que tem a frente o prefeito Claudomiro Gomes (PSB), se depara com déficits e rombos em quase todos os órgãos.

Leia mais:Funcionário Público ateia fogo à foto oficial do ex-prefeito Domingos Juvenil em Altamira via @NpJornal

*Sem receber trabalhadores da educação da prefeitura de Altamira protestam em frente à sub prefeitura … via @NpJornal

“Diante da situação, ele (prefeito Claudomiro Gomes) assumiu o compromisso de concluir um levantamento preliminar, para informar à população sobre o que encontrou na prefeitura, “um descalabro”, disse ele. O prefeito vai apresentar um relatório parcial durante entrevista coletiva que acontecerá nos próximos dias, assim que consolidar essas informações preliminares”, diz a nota.

Domingos Juvenil administrou Altamira entre os anos de 2013 a 2020. Durante esses oito anos, ele sempre foi blindado pela maioria dos vereadores na Câmara Municipal, que aprovou todos os projetos encaminhados ao Legislativo Municipal, inclusive aqueles que contrariavam a sociedade.

 O ex-gestor de Altamira, já teve suas contas dos anos de 2013 a 2016, reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Pará – TCM/PA.(Foto:Reprodução)

O ex-gestor de Altamira, já teve suas contas dos anos de 2013 a 2016, reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Pará – TCM/PA.(Foto:Reprodução)

Seu último ano de governo (2020) foi marcado por operações da Polícia Federal e do Ministério Público que fizeram buscas e apreensões de documentos, celulares e computadores nas mais diversas secretarias do município. Entre os desvios, segundo a justiça, estariam dinheiro público que deveriam ter sido aplicados na saúde e na educação. Um roubo milionário que continua sendo investigado pela PF e pelo Ministério Público.

O rastro de desvio de dinheiro públicos envolvendo Domingos Juvenil é antigo. Ele responde a dezenas de processos e é acusado de desviar mais de R$ 80 milhões de reais, quando esteve na presidência da Assembleia Legislativa do Pará – (Alepa).

Em uma das operações realizadas pelo MP e PF no dia 25 de novembro do ano passado, foram encontrados caixas e mais caixas de dinheiro no gabinete do então prefeito Juvenil. E em sua casa, a quantia em dinheiro vivo ultrapassou R$ 700 mil reais. Além disso foram apreendidos ouro e uma arma de fogo sem procedência, encontradas na residência de Juvenil, o que acabou levando ele para a cadeia. Juvenil ficou preso por 24 horas no Batalhão da Polícia Militar. Pagou fiança no valor R$ 345 mil, e foi solto.

Logo em seguida o MP chegou a pedir à justiça o seu afastamento a frente do Executivo Municipal, para evitar que novas falcatruas fossem feitas e com isso prejudicasse a nova gestão, mas a justiça negou o pedido de afastamento de Domingos Juvenil.

Sem permitir que a nova gestão tivesse acesso as informações, Domingos Juvenil aproveitou seus últimos dias de governo e levou o que podia. Deixando mais de 2 mil funcionários contratados sem receber, um rombo de mais de R$13 milhões no instituto previdenciário do município (Altaprev), além de várias outras situações que ainda estão sendo levantados pela atual gestão.

Claudomiro Gomes, afirma que o estado em que encontrou a prefeitura é arrasador, inclusive sem recursos e sem informações oficiais e que está fazendo um levantamento minucioso para tornar público a sociedade através de uma coletiva imprensa, de como ele encontrou a prefeitura de Altamira.

Por Wilson Soares – A Voz do Xingu/
por Wilson Soares  9 de janeiro de 2021 em Região

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: