Pará tem baixas temperaturas, céu encoberto e chuvas fortes

image_pdfimage_print

O paraense deve se acostumar com as variações expressivas  – (Foto:Thiago Gomes / Arquivo O Liberal)

A temperatura máxima na Grande Belém foi de 28,2ºC e a mínima, de 22ºC, nesta quarta-feira (20), segundo levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), 2º Distrito, situado na capital paraense.

Esse cenário de oscilação de temperaturas baixas para os padrões do paraense deverá ocorrer a cada sete dias, provocado pela junção de três fenômenos meteorológicos, somado a tempo encoberto e chuvas fortes.

A partir desta quinta-feira (21), a temperatura e o tempo melhoram, mas o paraense deve se acostumar com as variações expressivas. “Essa temperatura máxima de 28,2ºC em Belém foi a mais baixa desde junho de 2020. Teremos que conviver com essas condições neste período invernoso bem acentuado”, afirmou José Raimundo Souza, diretor do 1º Distrito Meteorológico do Inmet.Em grande parte do Estado, neste final de janeiro e até março, o período será de chuvas intensas e oscilação de temperaturas. Os últimos dias foram de temperatura baixa e chuvas fortes em Belém.

Entre terça-feira (19) e quarta-feira choveu 28,8 milímetros. De acordo com o Inmet, na segunda-feira (18), o amanhecer se deu com tempo encoberto, nublado, e chuvas tarde e à noite.

Nos dias anteriores, as manhãs, na maioria dos dias, ocorreram com o tempo parcialmente nublado nas primeiras horas e de 9 para 10 horas começava a ficar nublado, com chuvas a partir da tarde. “Comparando a média de janeiro, que é de 364.5 mílimetros, podemos dizer que ainda está um pouco abaixo. Com as chuvas de hoje, o total atingiu 210 milímetros”, ressalta José Raimundo.

Os paraenses terão, em geral, manhãs nubladas, com o sol entre nuvens, seguido de chuvas nos períodos vespertino e noturno. “A expectativa é de atingir a média até final do mês ou ligeiramente acima.

Deve ficar entre 350 a 450 milímetros”, acrescenta o diretor.AlinhamentoTrês fenômenos estão atuantes nesses últimos três dias: a Zona de Convergência Intertropical está próximo à Linha do Equador, com pulsos no litoral da Ilha do Marajó e parte do Pará, chegando até Belém; o Vórtice ciclone de altos níveis está com sua posição na Bahia e a Alta da Bolívia, com posições a oeste do Amazonas e Mato Grosso.

As chuvas tendem a prosseguir, mas neste fim de semana volta a ter manhã com sol escondido entre nuvens, além das típicas chuvas à tarde e noite no período invernoso.

A temperatura diminuiu na Grande Belém, acompanhando a grande cobertura de nuvens. A máxima nos últimos dias está entre 28 e 31ºC e a mínima entre 22 e 24ºC. Condições de tempo semelhantes ocorre em grande parte do Pará, com destaque para Conceição do Araguaia, Redenção, Xinguara, Dom Eliseu, Marabá, todo o Sul e Sudeste do Pará, Baixo Tocantins, Cametá, Abaetetuba, Óbidos e municípios arredores no Oeste do Pará, parte da região da Tranzamazônica.

Por:Eduardo Rocha

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: