Paraná Clube vence Atlético Mineiro de virada pela Copa do Brasil

image_pdfimage_print

Fonte: Gazeta Esportiva – Em uma partida emocionante e muito movimentada, o Paraná venceu o Atlético-MG por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Couto Pereira, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A vitória foi suada e de virada, com destaque para o meia Guilherme Biteco, autor de dois gols do time paranista.

Em uma partida emocionante e muito movimentada, o Paraná venceu o Atlético-MG por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Couto Pereira, no duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A vitória foi suada e de virada, com destaque para o meia Guilherme Biteco, autor de dois gols do time paranista.

Após o gol, o Galo diminuiu o ímpeto. Assim o jogo passou a ficar marcado por faltas. E, na cobrança de uma delas, o Paraná chegou ao gol de empate com Guilherme Biteco, aos 18.

Com o 1 a 1 no placar, o time do técnico Roger Machado voltou a pressionar muito. Fred, Cazares e Robinho exigiram grandes defesas do goleiro Léo. Já Elias quase fez o segundo, mas chutou pela linha de fundo.

Já o Paraná demorou para voltar a chegar. Só voltou a assustar aos 43 minutos, quando Robson foi lançado, fintou um zagueiro mas bateu mal e pela linha de fundo.

No segundo tempo os dois times foram em busca do segundo gol. Pelo lado paranista, Alex Santana bateu por cima e Pedro acertou a trave. Pelo Galo, Fred exigiu grande defesa do goleiro Léo. Já Robinho, em um contra-ataque, marcou um golaço. 2 a 1 para o Atlético-MG.

Mas novamente, após ficar em vantagem, o Atlético-MG diminuiu o ritmo. Só que desta vez o preço pago foi muito alto. Aos 19 minutos, após um bonito cruzamento de Robson, o atacante Felipe Alves, que havia acabado de entrar, deixou tudo igual. 2 a 2.

Para piorar a situação do Galo, o Paraná Clube chegou a virada aos 28, novamente com Guilherme Biteco, que bateu de fora da área e contou com uma contribuição do goleiro Victor. 3 a 2 no placar.

Nos minutos finais, o Atlético-MG voltou a pressionar muito. A melhor chance foi com Rafael Moura, que chutou da entrada da área e assustou o goleiro Léo. Mas o Paraná assustava nos contra-ataques. No melhor deles, Matheus Carvalho girou em cima da zaga, mas bateu por cima do gol.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: