Anvisa dá 48 horas para aeroportos adotarem medidas

image_pdfimage_print

Aeroporto de Belém: medidas seriam a que estão em vigor na capital | Foto:Fernando Araújo/Diário do Pará

A previsão é que a norma entre em vigor nesta quinta-feira (25)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deu um prazo de 48 horas para que aeroportos adotem as mesmas medidas restritivas das cidades e estados em que eles funcionam.

Segundo a agência reguladora, a medida visa pacificar o entendimento sobre quais medidas restritivas devem ser adotadas em aeroportos. A fiscalização desses locais é de responsabilidade da Anvisa e também da vigilância sanitária local.

De toda forma, serviços considerados essenciais às atividades típicas do sistema aeroportuário, como alimentação, drogarias e transporte, devem continuar funcionando independentemente das regras adotadas nas cidades e estados.

A agência disse ainda que, considerando a maior exposição das pessoas no momento da alimentação, reforçou a necessidade de que os locais observem a disposição das mesas e os procedimentos que evitem a aglomeração.

“A Anvisa enviou ofício endereçado a todas as administradoras e operadoras aeroportuárias solicitando que sejam adotadas nos aeroportos de todo país, em um prazo de 48 horas, medidas sanitárias restritivas que sejam equivalentes às determinadas pelos governos estaduais e municipais”, disse em nota.

A Anvisa tem tomado diversas medidas em aeroportos por conta da Covid-19. Em 11 de março, a diretoria aprovou regras mais rígidas para o uso de máscaras em aeronaves e áreas de acesso restrito a viajantes em aeroportos.
A regra proíbe o uso de alguns tipos de máscaras, como aquelas de acrílico ou de plástico (uma vez que não se ajustam ao rosto e serviriam, na prática, apenas como barreira física), máscaras com válvulas, lenços e bandanas de pano, face shield isolado e máscaras com só uma camada (como as de crochê, que não protegem contra o vírus).

A previsão é que a norma entre em vigor nesta quinta-feira (25). O prazo ocorreu para que houvesse tempo de divulgar as mudanças ao setor e tirar dúvidas da população.

Por:FOLHAPRESS

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: