Botafogo empata com a Portuguesa-RJ pelo Campeonato Carioca

image_pdfimage_print

Um gol-relâmpago e decepção. Mesmo com um jogador a mais, o Botafogo levou o empate e ficou no 1 a 1 com a Portuguesa, neste domingo, no Giulite Coutinho, pela oitava rodada do Campeonato Carioca.

O Fogão não consegue deslanchar. A Lusa ainda ficou na bronca com a arbitragem, com o gol anulado, pela expulsão de Muniz e pelo fato de Sousa não ter levado o vermelho.

O Botafogo saiu na frente logo nos primeiros segundos, mas viu a Portuguesa crescer e ter mais posse de bola. Ainda no primeiro tempo, o Fogão ficou com um jogador a mais. Porém, o panorama do jogo não mudou muito na etapa final. Apesar de uma bola no travessão e uma chance no fim, o Alvinegro não aproveitou a superioridade numérica.

Agora, o Botafogo tem 11 pontos e pulou para a quarta colocação, mas precisa secar o Madureira e o Fluminense, que ainda jogam na rodada, para se manter no G-4. A Lusa soma 14 pontos e está na terceira colocação.

Na próxima rodada, o Botafogo tem mais um duelo decisivo, contra um time bem colocado. O Fogão enfrenta o Volta Redonda, que começou a rodada na vice-liderança, no Raulino de Oliveira. A data do jogo ainda não está confirmada (será no sábado ou no domingo). Já a Portuguesa vai receber o Bangu, também no próximo fim de semana.

O técnico Marcelo Chamusca promoveu duas mudanças no time titular do Botafogo. Ele colocou Ricardinho no meio de campo, no lugar de Kayque, e optou por jogar com dois centroavantes: Rafael Navarro atuou com Matheus Babi. O meia Marco Antônio deixou o time.

O Fogão abriu o placar logo aos 47 segundos de jogo. Em bela trama pela esquerda, Marcinho avançou, entrou na área e cruzou para Felipe Ferreira completar para o fundo da rede: 1 a 0. A Portuguesa assustou com Romarinho. Ele pegou sobra e arriscou de fora. Kanu desviou para fora, a bola passou com perigo.

O time da Ilha do Governador passou a ter mais posse de bola e chegou a balançar a rede. Cafu cruzou da esquerda, Jhulliam ganhou pelo alto, a bola se ofereceu e ele marcou. Porém, o árbitro Bruno Arleu de Araújo marcou toque de mão, em decisão polêmica. A bola bateu no joelho do atacante e “correu” pelo corpo dele, na altura do ombro.

O Botafogo teve dificuldade para levar perigo. Aos 40 minutos, Rafael Navarro, pela esquerda, girou sobre Muniz e corria em direção à área, mas foi agarrado pelo corpo. O árbitro aplicou o cartão vermelho diretamente.

Marcelo Chamusca fez duas mudanças no intervalo. Ele colocou Sousa no lugar de Paulo Victor e Kayque no lugar de Matheus Babi, que pode deixar o Botafogo em breve. O volante quase ampliou. Ele recebeu cruzamento de Marcinho e acertou o travessão.

A Portuguesa, mesmo com um jogador a menos, tinha mais posse de bola. Chay, em cobrança de falta, obrigou Douglas Borges a mandar para escanteio. A bronca da Lusa com a arbitragem aumentou. Sousa, que já tinha amarelo, fez falta, mas não levou outro cartão.

Chamusca fez mais duas mudanças. Entraram Marco Antônio e Ronald. Saíram Ricardinho e Felipe Ferreira. A Lusa conseguiu empatar. Chay ficou com rebote na entrada da área, dominou no peito e acertou um chute no ângulo: golaço, aos 28 minutos do segundo tempo.

O Botafogo partiu para o ataque e quase marcou. Aos 44 minutos, Marco Antônio parou em Negueti. A zaga da Lusa por pouco não fez contra, mas se salvou. Douglas Borges ainda trabalhou em cobrança de falta. O duelo terminou empatado. Pior para o Fogão.

Fonte:Gazeta Esportiva (foto: Vitor Silva/assessoria)
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: