Botafogo empata em casa mas se classifica na Sul-Americana

image_pdfimage_print

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo/arquivo)-O Botafogo se garantiu na próxima fase da Copa Sul-Americana ao empatar com o Audax Italiano, do Chile, por 1 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Nilton Santos. Como havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1, a igualdade assegurou a passagem da equipe alvinegra, mas a torcida não ficou satisfeita e o time deixou o campo vaiado.

O Alvinegro fez uma partida irregular e, em vários momentos, foi dominado pela limitada equipe do Chile. Além disso, os atacantes alvinegros desperdiçaram várias chances claras de gol e tornaram complicado, um jogo que tinha tudo para ser tranquilo. Os gols foram marcados no segundo tempo. Matheus Fernandes anotou para a equipe de General Severiano, enquanto Cabrera empatou para o Audax.

Mesmo com vantagem conquistada no primeiro jogo, o Botafogo partiu para o ataque e o goleiro Peric teve que trabalhar antes do primeiro minuto saindo do gol para cortar cruzamento de Marcinho. Precisando da vitória, o time chileno passou a fazer uma marcação avançada e tentar pressionar os zagueiros alvinegros na saída de bola.
O time alvinegro seguiu tocando a bola sem muita pressa, enquanto procurava espaços na defesa chilena. Aos 11 minutos, o Audax criou a primeira situação de perigo. Ariel Martinez bateu falta da esquerda, a bola passou por todo mundo na área e quase surpreendeu o goleiro Jefferson.

O Botafogo respondeu aos 14 minutos. Gilson trocou passes com Rodrigo Lindoso, invadiu a área pela esquerda e cruzou para Brenner na pequena área, mas a zaga chilena salvou.
Dois minutos depois, um grande susto para a torcida carioca. Tarifeño, impedido, foi lançado na área e e derrubado pelo goleiro Jefferson, mas a arbitragem nada marcou, para revolta da equipe visitante.

Muito tímido, o Botafogo só voltou a incomodar aos 21 minutos em cruzamento de Leo Valencia que obrigou o goleiro Peric a sair com dificuldade para desviar para escanteio. Na cobrança, Brenner tentou completar de letra, mas a bola bateu na zaga e saiu.

Aos 30 minutos, Luiz Fernando fez ótima jogada pela direita, invadiu a área, mas foi desarmado na hora do cruzamento. Na cobrança, Leo Valencia levantou na área e Igor Rabello cabeceou com perigo, mas a bola saiu.
O jogo ficou truncado com muitas faltas de lado a lado. Aos 35 minutos, após corte defeituoso da zaga do Audax, Matheus Fernandes arriscou o chute que passou perto da trave direita defendida por Peric. Logo depois, após erro da zaga visitante, a bola sobrou para Luiz Fernando que bateu cruzado, mas mandou para fora, sem levar perigo.

No último lance da etapa inicial, Brenner recebeu na direita, invadiu a área e cruzou para a entrada de Leo Valencia na pequena área, mas o zagueiro Bosso tocou na bola e conseguiu impedir a conclusão do meia chileno.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo. O Botafogo administrava a posse de bola, enquanto o Audax tentava acelerar o ritmo de jogo, mas esbarrava na deficiência técnica dos seus jogadores que erravam muitos passes.

O time dirigido por Alberto Valentim passou a se comportar de forma mais agressiva. Aos cinco minutos, Leo Valencia recuperou a bola na intermediária e passou para Renatinho que chutou rasteiro e obrigou Peric a uma defesa difícil. Um minuto depois, Brenner recebeu na entrada da área, se livrou da marcação, mas chutou errado, encobrindo a trave chilena.

Aos 13 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Depois de boa troca de passes, Leo Valencia descobriu Matheus Fernandes que arriscou, da intermediária, e surpreendeu o goleiro Peric.
Kieza entrou no lugar de Leo Valencia e, na primeira jogada,aos 15 minutos, investiu pela esquerda e cruzou para Brenner que tocou, de primeira, e a bola se chocou com o travessão.

O Alvinegro seguiu dominando e, aos 26 minutos, Matheus Fernandes perdeu uma chance incrível de liquidar a fatura. Ele desarmou um adversário na intermediária, investiu sem marcação e chutou para fora, quando tinha tudo para marcar o segundo gol.

O jogo ficou aberto e o Audax desperdiçou uma grande oportunidade aos 29 minutos. Após cruzamento na área, Ariel Martinez tocou para a pequena área e Jeraldino, sem goleiro, tocou por cima do travessão.
A resposta da equipe botafoguense veio em grande jogada de Rodrigo Pimpão que ganhou dos zagueiros e cruzou, mas Bossio salvou, desviando para escanteio.

O técnico Alberto Valentim decidiu tornar sua equipe mais defensiva e trocou o atacante Brenner pelo volante Jean. Kieza passou a ser o centro de referência ofensiva.
Aos 36 minutos, Kieza investiu livre e, diante do goleiro Peric, tentou fazer o passe para Rodrigo Lindoso, mas permitiu o corte da zaga chilena.

O Audax empatou aos 40 minutos em chute longo de Cabrera que enganou Jefferson.
Nos minutos finais, o jogo ficou aberto, com os dois times procurando o gol. Aos 44 minutos, foi a vez de Pimpão arrancar livre e errar ao tentar encobrir o goleiro chileno, mandando para fora.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO no (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: