Equatorial Pará é a 2ª colocada em ranking de qualidade de energia

image_pdfimage_print

A lista divulgada pela Agência Nacional de Energia Elétrica avalia a qualidade do fornecimento de energia elétrica de todas as distribuidoras do país

 A Equatorial Energia Pará ficou se manteve na segunda colocação do ranking de qualidade do fornecimento de energia, divulgado nesta semana pela Agência Nacional de Energia Elétrica – (ANEEL). A lista possui 29 companhias do Brasil inteiro e levou em conta os resultados do ano de 2020. Desde que passou a ser gerida pelo Grupo Equatorial, em 2012, a distribuidora paraense já acumula uma escalada de 33 posições no ranking da Agência reguladora (em 2012 havia mais distribuidoras compondo a listagem).

A estabilidade da Equatorial Pará nas primeiras posições do ranking da ANEEL vem sendo determinada pelos indicadores da quantidade de horas que o paraense fica sem energia (DEC), cuja redução já foi de 80,18% nos oito anos em que a empresa atua sob gestão do Grupo Equatorial; e ao número de vezes em que ocorrem interrupções do fornecimento de energia (FEC), onde a redução chegou a 78,76%.

Fazendo a comparação entre os anos de 2019 com 2020, a redução do tempo sem energia foi de 8,04% e da quantidade de vezes em que houve falta de energia, a redução foi de 11,84%.

AS MELHORIAS – O presidente da Equatorial Pará, Marcos Almeida, atribui os bons resultados ao forte investimento na ordem de R$ 6,4 bilhões, realizado em oito anos. “2020 foi um ano muito desafiador por conta da pandemia, mas com muito esforço e empenho conseguimos desenvolver ações de expansão, melhoria do sistema e atendimento ao cliente, inclusive com a conclusão de obras históricas como foi o caso de Santana do Araguaia, no sul do Pará, que conseguimos interligá-la ao sistema nacional de energia”, afirma Marcos.

O roteiro de trabalhos do ano passado que contribuíram para a melhoria do fornecimento incluem ainda construções de linhas de distribuição, ampliação de subestações, ente outros feitos. E a empresa já faz projeções de mais melhorias nos indicadores, pois iniciou 2021 com a entrada em operação da linha de distribuição Capanema-Bragança, no nordeste do Estado e com a obra do Grupo Equatorial do linhão de 500kV em Belém, e o de 230kV, em Castanhal, que já estão beneficiando mais de 3 milhões de pessoas.

OPERAÇÃO ESPECIAL NA PANDEMIA – Durante o ano passado, e ainda em 2021, a empresa continua com o objetivo de promover um esforço conjunto durante o período de pandemia COVID-19. Para isso, aumentou em 46% a estrutura para atendimento as demandas. A estratégia consiste em intensificar ações de manutenção preventiva, bem como agilizar o atendimento às atividades essenciais de fornecimento de energia. Essa ação ocorre em todo o Pará, com destaque para a Região Metropolitana de Belém, Santarém, Marabá, Castanhal, Altamira, Parauapebas e Paragominas, que são cidades polos das regionais de atuação da empresa.

 

Fonte: Imprensa  Equatorial Energia Pará/Com Foto

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: