Garimpeiro que foi filmado apanhando de facão escapa com vida e quer justiça

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução Facebook) – Homem foi filmado sendo agredido por companheiros de trabalho sobre acusação de roubo. A vítima  é José da Silva Junior, nega que roubou ouro e é morador da Cidade de Ourilândia do Norte no estado do Pará.

O vídeo circula nas redes sociais como uma forma de divulgar Lei de Garimpo.

Conforme Boletim de Ocorrência registrado na cidade de Ourilândia do Norte o caso aconteceu no garimpo do Arraia no dia 27 de fevereiro deste ano ,o boletim foi registrado no dia 02 de março.

José da Silva nega as acusações e disse ser vitima, Quero Justiça, divulgou nas redes sociais, na pagina do facebook dos Garimpeiros de Ouro.

Leia mais:

Vejam o Boletim de Ocorrência Policial
(Foto:Reprodução Facebook pagina pessoal)
(Foto:Reprodução Facebook pagina pessoal)

Vejam a Postagem no facebook

Sou Juliano José da Silva Junior, morador da Cidade de Ourilândia do Norte no estado do Pará… Fui vítima de um crime bárbaro, pude sair com vida porque assim Deus permitiu. Estava trabalhando quando fui surpreendido por meus companheiros de trabalho, garimpeiros, assim como eu… trabalho esse onde exerci com muita humildade e dedicação, desde os 17 anos de idade.

Em virtude da circulação de mídias envolvendo a minha pessoa, inclusive fazendo sérias acusações contra mim, eu venho esclarecer os fatos, afim de que a VERDADE SEJA EXPOSTA com o intuito de que venha limpar meu NOME.

Em momento algum eu roubei ou tentei roubar qualquer ouro no garimpo em que eu trabalhava, na Verdade Me Acusaram indevidamente por isso, inclusive me humilharam, e por meio de tortura fizeram eu confessar UM CRIME QUE EU NÃO COMETI se eu não confessasse eles iriam Me MATAR

Humilhado e E SOBRE A MIRA DE UM FACÃO obrigado confessar o crime correndo risco de morte.

FUI AFOGADO, GOLPES DE FACÃO NA CABEÇA, ARRASTADO PELO PESCOÇO.

Estou vivo porque assim Deus permitiu, com as orações de minha mãe que é a pessoa que mais amo na minha vida. Eu vi minha vida passar diante dos meus olhos.

Já tomei as medidas legais, espero por justiça! Espero que as pessoas que tentaram me matar sejam processadas e punidas pela lei!

QUERO JUSTIÇA

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Assistam aos vídeos abaixo

 

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: