Justiça condena pai a 27 anos de prisão pelo estupro da filha recém-nascida no Pará

image_pdfimage_print

Crime aconteceu em janeiro de 2020 em Santana do Araguaia. Bebê tinha 14 dias de vida e não resistiu.

A Justiça do Pará condenou a 27 anos de prisão Cleyton Ramos França, pelo crime de estupro cometido contra a própria filha, que era uma bebê de apenas 14 dias. A criança morreu. A sentença foi divulgada nesta quinta-feira (3).

O crime aconteceu em janeiro de 2020 no município de Santana do Araguaia, no sul do Pará. De acordo com o processo, a criança foi levada ao hospital com dificuldade respiratória. Ela chegou a receber atendimento da equipe médica com técnicas de reanimação, mas não resistiu.

Após o falecimento da bebê, a equipe procedeu a limpeza do corpo, quando verificou uma anormalidade e entendeu tratar-se de um caso de estupro.

Ainda conforme o processo, no dia da morte da criança, em perícia realizada no aparelho celular do acusado, foi constatada a realização de busca de vídeos com conteúdo “sexo caseiro com novinhas”. O acusado foi preso em flagrante na época.

Na decisão, o juiz Erichson Alves Pinto manteve a prisão do acusado e determinou a detração da pena do período que permaneceu preso. O réu cumprirá ainda 26 anos, 1 mês e 10 dias de prisão.

 

Foto: Reprodução/ Internet
Por: G1 PA
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: