Mês de fevereiro terá chuvas todos os dias no Pará, diz Inmet

image_pdfimage_print

O paraense pode se preparar: vem muita água por aí (Foto:Oswaldo Forte)

Previsão é que o paraense enfrentará dias de muita água e frio nas próximas quatro semanas

O paraense pode se preparar para um mês de muita chuva em fevereiro. De acordo com o 2º Distrito de Meteorologia de Belém (2º Disme) do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), fevereiro terá como característica apresentar chuvas em quase todos os dias do mês, com grande acumulado.

As chuvas devem chegar aos 500 milímetros, e ocorrerão à tarde e noite e em alguns dias pela manhã. Estão previstas baixas temperaturas no Pará.

“O período chuvoso em fevereiro será em todo o Estado. Os maiores volumes acontecem na região litorânea, mas no Sul e Sudeste, abrangendo Conceição do Araguaia, São Félix do Xingu, Xinguara e Redenção, os volumes pluviométricos devem se situar entre 250 a 350 milímetros.

No Oeste do Pará, o volume de chuvas ficará acima de 250 milímetros. As regiões de Itaituba, Santarém, Monte Alegre e Óbidos serão chuvosas”, destaca o diretor do 2º Disme, José Raimundo Sousa.

Muita chuva está prevista para a região do Baixo Tocantins, abrangendo Cametá, Abaetetuba, Igarapé-Miri que deverão ter chuvas superiores a 350 milímetros, chegando até 500 milímetros em áreas localizadas.

As chuvas na Região Metropolitana de Belém (RMB) e Nordeste do Estado ficarão mais presentes a partir da segunda semana de fevereiro. Entretanto, embora se tenha céu nublado a encoberto nos primeiros dias, as chuvas não devem ser as de maiores volumes.Temperaturas

Em janeiro, o paraense teve de conviver com temperaturas baixas, constatando um certo frio à noite. No primeiro mês de 2021, a temperatura máxima menor ocorreu dia 20, com 28.2ºC. Em outros dias, ficou oscilando entre 30 e 33ºC. Na Grande Belém, em janeiro, choveu até agora 319.9 mílimetros, e a média do mês é de 384.5 mílímetros.

Para fevereiro, espera-se chuvas e baixas temperaturas, oscilando entre 30 a 32ºC no Pará. As regiões mais afetadas, segundo o Inment, devem ser região noroeste/faixa litorânea, com abrangência nas cidades de Curuçá, Soure, Afuá, Chaves, Salinas e norte do Marajó.

Influência Fevereiro receberá influência da Zona de Convergência Intertropical que mesmo estando mais ao norte vai favorecer as chuvas na região do Pará.Hoje, de acordo com o Inmet, ocorrem três fenômenos bem atuantes: o Vórtice Ciclônico de Alto Nível, no leste e nordeste do Brasil; a Alta da Bolívia, um escoamento anticiclônico que se organiza trazendo chuvas originadas no sul do Pará; a Zona de Convergência do Atlântico Sul, do sudeste do Amazonas até o sudeste do Brasil.

Por:Eduardo Rocha

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: