Oriximiná divulga lista de vacinados contra a Covid-19

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução) – O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, é o único do Pará e talvez do Brasil a divulgar espontaneamente a lista dos vacinados contra a Covid-19.

Recebeu 611 doses para idosos a partir de 80 anos e 310 já foram vacinados; das 636 doses destinadas aos profissionais na linha de frente no combate à pandemia, 560 foram aplicadas.

oriximina

Das 1.450 enviadas para as aldeias, 579 foram aplicadas nos índios. No total, o município recebeu 2.697 e aplicou 1.449 (53,72%, enquanto a média no Pará não alcança meio por cento).

O enfermeiro Carlos Beta está alimentando o SIPNI, sistema nacional, para que todas as autoridades envolvidas tomem ciência. A Prefeitura também comprou medicamentos e insumos para o tratamento da Covid, adquiriu com recursos próprios e instalou uma usina de oxigênio – que inclusive está salvando vidas nos municípios do entorno – e abriu novos leitos.

O Barco Hospital Papa Francisco fará atendimentos nas comunidades ribeirinhas nos dias 4, 5 e 6 de fevereiro, com todo o suporte técnico da prefeitura. Por isso Oriximiná não aderiu ao lockdown decretado pelo governador Helder Barbalho na região.

Fonseca fiscaliza tudo pessoalmente e usa as redes sociais a todo instante para manter a população informada do que está fazendo e pedir que fiquem em casa e cumpram todas as normas sanitárias.

boletin

Mas a promotora de justiça Yone Nakamura expediu recomendação, ontem, dando prazo de 24h para a prefeitura apresentar a análise epidemiológica do município e as razões técnicas do não cumprimento ao Decreto estadual que manda fechar tudo.

A PJ “considera a dificuldade de logística para oxigênio na região da Calha Norte, onde se localiza o município e o pré-colapso de oxigênio da cidade vizinha Monte Alegre, sendo necessário receber auxílio de cilindros de oxigênio do Estado”, embora Oriximiná esteja ultrapassando suas responsabilidades e fornecendo o oxigênio que tem de sobra para todos os municípios da Calha Norte que precisam.

O Ministério Público também alega que o Hospital Municipal de Oriximiná não dispõe de leitos para pacientes graves e está a beira do colapso de atendimento de pacientes clínicos, com 29 internados. Aduz que a vigilância sanitária não dispõe de pessoal suficiente para a fiscalização e está lotada na sede do município, sem ação de controle na zona rural.

E realça que o Instituto Evandro Chagas constatou nova cepa do coronavírus em Santarém, que tem estreita ligação com Oriximiná. Frisou, ainda, a dificuldade de regulação e transporte pelo setor da 9ºCRS/Sespa, e que mais de dez pacientes estão em fila de espera.

 

oriximina2
O Delegado Willian Fonseca explica que quase todas as restrições impostas pelo Decreto estadual já estavam contempladas pelas medidas restritivas severas estabelecidas em Oriximiná desde o início de janeiro, quando proibiu reuniões presenciais, funcionamento de casas de eventos, shows, recepções, academias e práticas esportivas coletivas, inclusive o transporte intramunicipal, intermunicipal e interestadual.

Bares e restaurantes só podem atender via delivery. O prefeito esclareceu, também, que a cidade teve um pico de 34 internações só no Hospital Municipal, e que hoje há 17 internados no HMO, 7 em Porto Trombetas (distrito de Oriximiná) e 15 em hospitais regionais, num total de 39 internados.

Garantiu que intensificou a fiscalização e ações preventivas junto às comunidades tradicionais, monitora os dados a cada 12 horas e adotará o lockdown a qualquer momento, caso o comitê de crise repute necessário.

Por Franssinete Florenzano

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: