Ex-chefe da segurança espacial de Israel diz que alienígenas existem, mas não dá provas

image_pdfimage_print

Ex-chefe da segurança espacial de Israel, Haim Eshed afirmou ao jornal “Yediot Aharonot” que alienígenas não só existem como também já fizeram acordos com os Estados Unidos, dos quais o presidente Donald Trump teria ciência e vontade de revelar à população. No entanto, nenhuma prova para suas alegações foi apresentada, nem mesmo sobre a suposta “Federação Galáctica”, que seria a responsavel por manter contato com os seres extraterrestres.

Em entrevista publicada nesta terça-feira, dia 8, o general aposentado de 87 anos disse que essa organização — supostamente conhecida por seu país e os Estados Unidos já há algum tempo — teria optado em continuar com os tais segredos porque “a humanidade ainda não está pronta”.

O professor falou sobre supostos acordos das criaturas e os EUA, numa empreitada para conhecer a “estrutura do universo”. A história vai além: haveria uma base subterrânea em Marte, com humanos e outros seres.

Diante de tal abordagem, Eshed mostrou-se firme em sua convicção que o presidente norte-americano estaria ciente sobre a cooperação intergaláctica. O israelense contou inclusive que era da intenção de Trump revelar as atividades da organização, mas teria sido impedito para nao causar “histeria em massa”, pois a humanidade precisaria “evoluir”.

“Se eu tivesse pensado no que estou dizendo hoje, cinco anos atrás, teria sido hospitalizado”, afirmou, segundo o “The Jerusalem Post”, explicando que decidiu contar a historia dos alienígenas pelo cenário acadêmico atual e por ser respeitado na academia, sem mais “nada a perder”

“Recebi meus diplomas e prêmios; sou respeitado em universidades no exterior, onde a tendência também está mudando”, acrescentou.

Seu livro mais recente, “O universo além do horizonte — conversas com o professor Haim Eshed”, publicado em novembro, fala de como como os alienígenas teriam prevenido apocalipses nucleares.

 
Foto: Jan Thijs / Divulgação Paramout Pictures
Fonte: Extra Online

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: