Polícia decide não indiciar Neymar em inquérito por acusação de estupro

image_pdfimage_print

(Foto:Ueslei Marcelino / REUTERS)-Mulher que acusa o jogador afirmou que ele pagou sua hospedagem em um hotel em Paris, onde crime teria ocorrido

A Polícia Civil de São Paulo informou nesta terça-feira que recomendou o não indiciamento do atacante Neymar no caso em que uma modelo o acusou de estupro.

Neymar sempre negou a acusação e, como parte de sua resposta pública à acusação, divulgou conversas particulares e fotos íntimas da mulher. Essa divulgação levou a um inquérito policial separado sobre suposto crime de divulgação de imagens íntimas na internet.

De acordo com o boletim de ocorrência do caso visto pela Reuters em junho, a mulher que acusa Neymar afirmou ter conhecido o jogador pelas redes sociais e que Neymar pagou para que ela viajasse e se hospedasse em um hotel de Paris, onde o crime teria sido cometido, no dia 15 de maio.

A assessoria de imprensa de Neymar não tinha um posicionamento de imediato sobre a decisão da polícia.

Por:Reuters

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: