Prisão de delegado da PF foi motivada por suspeita de proteção a garimpeiros de Itaituba

image_pdfimage_print

A Polícia Federal deflagrou, ontem (15/12), a Operação Fools Gold com o objetivo de desarticular um grupo criminoso investigado pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, violação de sigilo funcional, advocacia administrativa e associação criminosa.

Durante as investigações, constatou-se que um servidor público federal teria recebido, ao menos R$ 150 mil, de garimpeiros da região de Itaituba/PA, como forma de “blindá-los” de eventuais ações policiais.

O repasse dos valores era intermediado por um lobista dos mineradores, o qual também repassava as informações obtidas, através do servidor público, a terceiros.

Foram cumpridos dois mandados de prisão temporária e sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Santarém/PA, Itaituba/PA e São Paulo/SP. Além da determinação judicial do afastamento do servidor de suas funções.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Itaituba/PA.

Comunicação Social da PF.

Nota da redação

O servidor público federal preso nesta operação trata-se do delegado Alessandro Cristian dos Santos Dutra e o intermediário é um ex-oficial de justiça.

 
Foto: Reprodução/PF
Por: Portal OESTADONET, com informações da PF

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: