Receita recebe em maior número declarações de paraenses

image_pdfimage_print

Superintendente da Receita Federal na 2° Região Fiscal, Omar Rubim Filho, durante entrevista coletiva (Foto:Fábio Costa / O Liberal)

Órgão ainda tenta entender por que houve esse acréscimo, já que a renda não aumentou significativamente no ano passado

Este ano houve um incremento de 5% no número de contribuintes que entregaram a Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) – ano base 2019- no Pará.

A expectativa da Receita Federal era de receber 609 mil declarações, no entanto, até o final do prazo – encerrado às 23h59 desta terça-feira (30) – mais de 642 mil pessoas acertaram as contas com o Leão no Estado.

Os motivos para isso ainda estão sendo avaliados pelo órgão, visto que a renda dos paraenses não apresentou altas significativas no ano passado.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (1º), pelo órgão, em coletiva à imprensa. “As declarações neste ano, no geral, superaram as nossas expectativas”, explicou o superintendente da Receita Federal na 2° Região Fiscal, Omar Rubim Filho, afirmando que ainda está se avaliando a causa desse incremento.

A elevação no montante das declarações, também foi expressiva na capital paraense, comparando ao calendário anterior. Em Belém, 224.092 contribuintes prestaram contas com o Leão, neste ano, número acima dos 215.829 de 2019.

O incremento nos índices da declaração, não foi uma peculiaridade apena do Pará entre os Estados da região norte do Brasil. Todas as unidades federativas que compõem a 2ª Região Fiscal também tiveram aumento. O Amazonas liderou o ranking com 6% de elevação.

A expectativa da Receita Federal era de receber 1.383.000 declarações nos Estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima, este ano, porém, foram entregues 1.455.382 declarações.

O balanço da Receita mostra ainda que, 31,9 milhões de declarações IRPF foram entregues no prazo em todo o Brasil. Segundo o órgão, o número de declarações é 4,25% maior em relação ao ano anterior. No entanto, o esperado era de 32 milhões de declarações para este calendário.

Mesmo com o prazo estendido para a entrega das declarações, por conta da pandemia do novo coronavírus, os paraenses voltaram a deixar para a última hora o acerto de contas. “Na última semana, estimamos que cerca de 15 a 20% dos contribuintes ainda não tinham feito as declarações, que tiveram prorrogações este ano. Desde 1994 isso não acontece, o prazo não mudava”, observa Omar.

Por:Roberta Paraense

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: