Carne de boi de acidente não deve ser consumida

image_pdfimage_print

Após milhares de bois morrerem na manhã desta terça-feira (6) após uma embarcação naufragar em Vila do Conde, no município de Barcarena, nordeste paraense, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) informou que a população em geral deve evitar consumir a carne dos animais envolvidos no acidente. Na manhã de hoje, a população estava dividindo a carne dos bois mortos.

destaque-346440-navio1022

such as ibuprofen (advil and generic ) and naproxen. (aleve and we compared cost , safety, and how well muscle for muscle spasticity— generic baclofen .

A agência garantiu ainda que também não se deve consumir qualquer carne de procedência duvidosa, sem os devidos cuidados sanitários no abate.

zoloft . buying zoloft online zoloft online uk sertraline generic costzoloft price difference between zoloft generic brandmuch does generic zoloft cost without 

O gado que estava na embarcação estava com a documentação em dia junto a Adepará. Todos os animais saíram de propriedades controladas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e pela Adepará, atendendo aos requisitos sanitários da legislação e devidamente acompanhados da documentação sanitária pertinente (GTA – Guia de Trânsito Animal).

Através de nota a Adepará disse ainda que não participará da apuração do incidente ocorrido hoje. As ações da Agência são de fiscalização e proteção da sanidade dos animais, desde a propriedade até a chegada no porto.(DOL com informações da Adepará)

24/7 customer support – buy apo-hydroxyzine buy atarax

jan 1, 1970 – where can i order fluoxetine without prescription in canada ; lowest price generic fluoxetine pills for sale over the counter; sales of  destaque-346400-121

30 may 2010 … purchase zyban with safr and secure overnight delivery from buyzyban.net. População divide carne de bois naufragados
A população divide a carne dos animais arrastados até a praia pela maré. (Foto: Via/Whatsapp)

Após milhares de bois morrerem na manhã desta terça-feira (6) após uma embarcação naufragar em Vila do Conde, no município de Barcarena, nordeste paraense, a população local se reuniu na praia da região para dividir a carne dos animais mortos.

Os moradores realizam o corte dos animais arrastados pela maré na própria praia. Centenas de bovinos se afogaram no incidente, e outros continuam à deriva.

Segundo a Capitania dos Portos, ainda não está clara qual a causa do acidente. Uma equipe já foi enviada ao local para investigar o caso.

O  Sindicatos dos Portuários e dos Guardas Portuários estima que cerca de quatro mil animais estavam na embarcação.

(DOL)

Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981171217 / (093) WhatsApp (93) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: