Jovem confessa ter matado padre com golpe de faca e diz à polícia que tinha um caso com ele

image_pdfimage_print

Cristian Roberto, 19 anos, confessou ter matado padre José Ronaldo Gomes de Brito — Foto: Reprodução/Redes sociais

Cristian Roberto da Silva, 19 anos, disse à polícia que pegou o carro que era usado pelo padre, com a intenção de fugir após o crime, mas acabou se envolvendo em um acidente.

Acompanhado de advogado, o jovem Cristian Roberto da Silva, 19 anos, compareceu a 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (4) e teria confessado ter matado o padre José Ronaldo Gomes de Brito, 37 anos. O crime aconteceu na virada do ano.

Por meio de nota, sem entrar em detalhes, a Polícia Civil informou na noite desta segunda-feira que o suspeito de matar o padre José Ronaldo de Brito foi liberado após prestar depoimento, e que equipes da delegacia local realizam diligências para elucidar o caso.

Segundo fonte da polícia, Cristian teria revelado que ele e o padre tinham um relacionamento amoroso, mas que haviam se desentendido.

Cristian teria dito à polícia que após ter matado o padre com um golpe de faca no pescoço, pegou o carro da arquidiocese que era usado por José Ronaldo, com a intenção de fugir, mas acabou perdendo o controle do veículo que se chocou no muro de uma residência na avenida Fernando Guilhon na madrugada do dia 1º de janeiro.

No dia do acidente, Cristian chegou a ser conduzido pela Polícia Militar à Seccional de Polícia Civil, porém, não se sabia naquela ocasião que ele era sequer suspeito de um crime de homicídio, uma vez que o corpo do padre só foi encontrado na manhã do último domingo (3) já em adiantado estado de decomposição.
A causa da morte do padre não foi determinada na perícia. Os peritos do IML (Instituto Médico Legal) encontraram uma perfuração no corpo de José Ronaldo. Material como sangue e objetos foram coletados no local e devem passar por exame de DNA.

O corpo do padre José Ronaldo foi sepultado na manhã desta segunda-feira (4), em um cemitério particular de Santarém, após cerimônia restrita a alguns religiosos para evitar aglomeração.

Por: G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: