Autora de “Como Matar o Seu Marido” é suspeita de ter assassinado o marido

image_pdfimage_print

(Foto:   Nancy Crampton Brophy durante audiência na Justiça do Oregon)- Uma escritora de romances que já publicou um ensaio intitulado “Como Matar seu Marido” foi acusada de ter assassinado o próprio marido nos Estados Unidos.

Nancy Crampton Brophy, 68 anos, foi presa na semana passada sob a acusação preliminar de assassinato e violência doméstica após a morte de seu marido, Daniel Brophy, 63. Ele foi encontrado morto no Instituto Culinário do Oregon, em Portland. O casal estava junto havia 27 anos. Ele era um instrutor muito querido no lugar e, por isso, o assassinato chocou muitas pessoas.

A americana publicou o ensaio “Como Matar seu Marido”, de 700 palavras, em 2011, no site ” See Jane Publish”, segundo o jornal “Oregonian”.

Como escritora de suspense romântico, passo muito tempo pensando em assassinatos e, consequentemente, em procedimentos policiais. Afinal, se o assassinato supostamente me libertou, certamente não quero passar tempo na cadeia.

Nancy Crampton Brophy, no ensaio “Como Matar seu Marido”

Ela é autora de livros como “O Marido Errado”, um romance de 2015 sobre uma mulher que escapa de um cônjuge abusivo durante um naufrágio no Mediterrâneo e se apaixona por um dos homens enviados para encontrá-la.
O crime

O corpo do chef de cozinha Daniel Brophy foi encontrado por seus alunos no dia 3 de junho, na cozinha do instituto. Ele era considerado uma “enciclopédia” da culinária, com uma grande senso de humor e que adorava levar seus alunos a viagens para encontrar novos ingredientes.

No dia seguinte, Brophy publicou um post emocionado no Facebook. “Para meus amigos e familiares do Facebook, tenho uma triste notícia”, escreveu. “Meu marido e melhor amigo, o chef Dan Brophy foi morto ontem de manhã. Para aqueles de vocês que estão perto de mim e sentem que isso merece um telefonema, vocês estão certos, mas estou lutando para dar sentido a tudo isso agora.”

Ela chegou a participar de uma vigília em frente ao instituto em homenagem ao marido. No entanto, com o passar das semanas, os vizinhos notaram algo estranho com a escritora. Um deles, Don McConnell, puxou assunto sobre o assassinato e descobriu que ela era uma das suspeitas.

Brophy acabou presa, mas a polícia não revelou ainda o que fez a escritora se tornar a principal suspeita do crime. As autoridades também não revelaram qual seria o possível motivo do assassinato.
Ensaio discutiu motivações

Em seu ensaio de 2011, Brophy discutiu várias motivações em potencial para querer matar um cônjuge, incluindo infidelidade, abuso ou ganância.

“O divórcio é caro e você realmente quer dividir seus pertences?”, ela escreveu em uma seção sobre motivos financeiros.

“Acho mais fácil desejar pessoas mortas do que realmente matá-las”, escreveu ela. “Eu não quero me preocupar com sangue e cérebro respingados nas minhas paredes. E, na verdade, eu não sou boa em lembrar mentiras.”

“Mas a coisa que eu sei sobre assassinato é que cada um de nós pensa nisso quando somos empurrados até um limite.”

A postagem não está mais aberta ao público, mas versões arquivadas estão disponíveis online. (Com informações da Associated Press)

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP – JORNAL FOLHA DO PROGRESSO no (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP – JORNAL FOLHA DO PROGRESSO no (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: