Transferências para hospitais de Santarém, Juruti e Itaituba já chegam a 81 pacientes com Covid-19 em duas semanas

image_pdfimage_print

Transporte aeromédico na região do Baixo Amazonas — Foto: Agência Pará/Divulgação

Medida é para auxiliar pequenos municípios do oeste do Pará e evitar colalpso no sistema de saúde. Transferência são por via aérea e fluvial.

Desde o dia 18 de janeiro, os municípios de pequeno porte já transferiram 81 pacientes para os hospitais referências no tratamento da Covid-19 de Juruti e Santarém, no oeste do Pará, e Itaituba, na região sudoeste. A medida é para auxiliar as pequenas cidades e evitar que o sistema de saúde entre em colapso.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), foram realizadas a transferência de 66 pacientes por via aérea e 14 via fluvial, exclusivamente pela Central de Regulação da Sespa, do extremo oeste do Pará, entre 18 e 30 de janeiro.

“Essas medidas são de extrema importância para que os municípios consigam atender seus pacientes, e aqueles pacientes que estejam mais graves possam receber atendimento em uma estrutura melhor de saúde e assim continuamos salvando vidas naquela região”, explicou o o secretário de Saúde Pública do Pará, Rômulo Rodovalho.

Para essas transferências realizadas de acordo com as possibilidades climáticas da região, o transporte aeromédico conta com quatro aeronaves, sendo dois aviões e dois helicópteros, para atender a demanda de municípios da região oeste por leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Hospital de Campanha de Santarém

Para ajudar a conter a Covid-19 na região, o governo do Pará reativará o Hospital de Campanha em Santarém, por meio de parceria com a prefeitura local. A medida deve desafogar a procura por leitos clínicos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Hospital Regional, e pretende estabilizar o sistema de saúde da região.

hospitalHospital de Campanha de Santarém funcionará na Escola Estadual Maria Uchôa — Foto: G1/Arquivo

Para reforçar o atendimento a pacientes com a Covid-19, a região conta com 10 leitos de UTI em Juruti; 44 leitos de UTI adulto, quatro leitos de UTI pediátrica e três leitos de UTI neonatal, no Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém, e mais 60 leitos de UTI em Itaituba, sendo que todas as cidades também contam com leitos clínicos e ganharam reforços nos estoques de oxigênio.

Lockdown

A partir da próxima segunda-feira (1º), o bandeiramento no Baixo Amazonas e Calha Norte passará de vermelho para preto, o que significa lockdown para essa região. O anúncio foi feito na manhã de sábado (30), pelo governador Helder Barbalho (MDB).

Por G1 Santarém — Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: