Mãe e filha advogada são executadas a tiros em Marabá

image_pdfimage_print

Crime está envolto em mistério, mas a Polícia Civil investiga o caso.

Vanuza Barbosa (41 anos) e Jacqueline Barbosa (25 anos) estavam em uma chácara quando foram mortas
Um crime bárbaro abalou a população de Marabá durante a noite de ontem (29), por volta de 21h30. A ex-secretária de turismo Vanuza Barbosa, 41 anos, e sua filha Jacqueline Barbosa, 25 anos, foram executadas em uma chácara, ao lado do bairro Novo Progresso, complexo São Félix.

De acordo com as primeiras informações, mãe e filha foram mortas com vários disparos de arma de fogo. Vanuza foi atingida na boca e a filha foi executada com um tiro no rosto e outro no coração.

Vanuza foi Secretária de Turismo do ex-prefeito Maurino Magalhães. Já Jacqueline era bacharel em Direito, foi aprovada recentemente na OAB. O crime teria sido cometido na frente de uma criança de 7 anos. O duplo assassinato apresenta características de crime de encomenda, pois o atirador teria chegado, efetuado os disparos e fugiu.

A Polícia Militar foi acionada para preservar o local de crime. Uma equipe do Instituto Médico Legal esteve no local para remoção dos corpos. O crime está envolto em mistério, mas a Polícia Civil investiga o caso.

 

 

Foto: Reprodução
Fonte: Portal Debate Carajás

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: