Índia vai começar exportação de vacinas a 6 países, mas não para o Brasil

image_pdfimage_print

O primeiro lote de exportações irá para o Butão –  (Foto:REUTERS/Dado Ruvic)

A exportação de vacinas contra a covid-19 pela Índia, uma das maiores fabricantes de medicamentos do mundo, vai começar nesta quarta-feira (20). Os lotes da vacina da AstraZeneca desenvolvida com a Universidade de Oxford devem ser encaminhados para países de renda baixa e média. Serão seis países a receber as doses do imunizante. O Brasil não está nessa lista.

O primeiro lote de exportações irá para o Butão. As informações são de autoridades do governo indiano, que pediram para não terem seus nomes divulgados, pois ainda haverá um anúncio formal.Dois milhões de doses da vacina também serão despachadas para Bangladesh na quinta-feira (21). A lista de países inclui: Butão, Ilhas Maldivas, Bangladesh, Nepal, Mianmar e Ilhas Seychelles.

Os planos foram confirmados pelo Ministério das Relações Exteriores de Bangladesh, que afirmou que um voo especial da Índia desembarcará em Dhaka na quinta. “Bangladesh receberá 2 milhões de doses da vacina contra a covid-19 produzida pela Oxford-AstraZeneca da Índia como uma doação em 21 de janeiro”, disse por meio de comunicado.

O Instituto Serum (SII), maior produtor mundial de vacinas, teve licenciamento para produzir o imunizante para países de renda baixa e média. O Serum pode começar a fornecer para a Covax, da OMS.

A iniciativa busca uma distribuição igualitária de vacinas contra a covid-19 ao redor do mundo.A Índia recebeu pedidos de dezenas de países, incluindo um pedido urgente do Brasil. No entanto, o governo do premiê indiano, Narendra Modi, queria iniciar a vacinação no país antes de começar as exportações, revelou uma das fontes. A Índia começou a vacinar no sábado seus profissionais de saúde.O governo brasileiro chegou a adesivar um avião para buscar 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca na Índia, mas o voo acabou sendo cancelado.

Por:Redação Integrada com informações de Estadão

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: